Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Missão Rank C - Passagem pela Fronteira

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Eve

Administrador | Kiri
Administrador | Kiri
avatar

Sexo : Feminino
Idade : 25
Localização : Hellcife
Número de Mensagens : 3285

Registo Ninja
Nome: Harima
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 3350
Total de Habilitações: 106,25

MensagemAssunto: Missão Rank C - Passagem pela Fronteira   Sab 19 Jan 2013 - 14:22

Rank da missão: C
Titulo da missão: Passagem pela Fronteira
Descrição: Descobriu-se que Gennins andam a ingerir substância ilegais para aumentar a sua performance. Dois deles foram apanhados, a vossa missão é vergá-los para que estes digam quem é o fornecedor e como consegue passar pelos portões da vila sem ser detectado.
Recompensa: 600 ryo + 1 scroll de novo jutsu + 1 ponto de cumprimento
Número de Ninjas: 2/3 Gennins
Pessoas Inscritas:
  • Kride Uchiha(BigBoss)
  • Yamanaka Hiroshi (Rich)
  • Kyo Kusanagi (Bruno Moraes)


Última edição por Eve em Qua 27 Mar 2013 - 22:50, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
BigBoss

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Número de Mensagens : 1654

Registo Ninja
Nome: Kride Uchiha
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 296,5
Total de Habilitações: 291,25

MensagemAssunto: Re: Missão Rank C - Passagem pela Fronteira   Qua 27 Mar 2013 - 0:41

Inscrevo-me ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Haetae

Conselheiro | Outras Vilas
Conselheiro | Outras Vilas
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 19
Localização : Terra
Número de Mensagens : 990

Registo Ninja
Nome: Hayato Isao
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 1000
Total de Habilitações: 34

MensagemAssunto: Re: Missão Rank C - Passagem pela Fronteira   Qua 27 Mar 2013 - 3:20

Haetae se apresentando para uma missão entre vilas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.google.com
Rich

Moderador | Konoha
Moderador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 19
Localização : Não olhes para trás neste momento...
Número de Mensagens : 1769

Registo Ninja
Nome: Uchiha Takeshi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 630
Total de Habilitações: 257,5

MensagemAssunto: Re: Missão Rank C - Passagem pela Fronteira   Qua 27 Mar 2013 - 13:15

Também me inscrevo Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://senpai-k.tk
Bruno Moraes

Administrador | Iwa
Administrador | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 29
Localização : Em algum lugar de lugar nenhum
Número de Mensagens : 3387

Registo Ninja
Nome: Kyo Kusanagi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 14350
Total de Habilitações: 733,75

MensagemAssunto: Re: Missão Rank C - Passagem pela Fronteira   Qua 27 Mar 2013 - 22:37

Estão inscritos menos o Haetae, pois ainda está em missão com Brian$ e Tsu. Sendo assim eu me escrevo para participar e já podemos começar a missão. A ordem é:

BigBoss (tenho que me acostumar com seu novo nome ^^)
Rich
Bruno
Voltar ao Topo Ir em baixo
BigBoss

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Número de Mensagens : 1654

Registo Ninja
Nome: Kride Uchiha
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 296,5
Total de Habilitações: 291,25

MensagemAssunto: Re: Missão Rank C - Passagem pela Fronteira   Qui 28 Mar 2013 - 5:43

Mais um dia na Vila da Folha e portanto mais trabalho para shinobis. Eram três na presença do Hokage Naruto. Eu, Kride Uchiha, uma Yamanaka com quem já tinha cooperado anteriormente, Hiroshi, e um jovem de Iwagakure, que dava pelo nome de Kyo, Kyo Kusanagi.
-Alguns jovens andam a tomar substância ilícitas para aumentaram as suas capacidades - informou o Hokage - Isso não é o verdadeiro caminho ninja! - pausou o seu discurso e depois continuou - Dois foram apanhados e preciso que vocês descubram quem traz tais coisas para o seio da vila e como consegue passar despercebido.
- Hai - dissemos em uníssono.
- Conto com vocês - disse, com um sorriso - Podem ir.
Saímos do escritório do Kage e fomos liderados por um Jounin até à sala de interrogatórios, onde nos esperavam os dois "batoteiros". Pelo caminho, com o meu doujutsu activo analisei os meus colegas de equipa. A Yamanaka mantinha-se dentro dos níveis de um Gennin, mas o rapaz de Iwa, era diferente. A sua quantidade de chakra era superior a de um Gennin comum, e tanto quanto custasse admitir, ele era mais forte que eu.
Entramos na sala de interrogatórios e fomos deixados a sós com os dois rapazes que tinham sido apanhados na posse de drogas.
- Façam as honras - disse-lhes.
Estes começaram os interrogatórios. Perguntavam-lhes onde tinham arranjado as substâncias ilegais, mas nada diziam.
- Diz lá quem te arranjou as drogas - pediu Kyo - Não te serve de nada cobrires outra pessoa, estando preso aqui.
Mas não lhe foi dada resposta. Nem a Yamanaka que tentava convencer o outro rapaz que as drogas não eram boas e que se ele nos revelasse o que sabia era o melhor para todos. A verdade era que os meus colegas de equipa, ambos, eram demasiado simpáticos. Eram os seus feitios, não podia maldizer, mas eu possuía características mais apropriadas para o cenário que nos era apresentado. Farto da resistência dos rapazes, tomei medidas. Dei alguns passos para a frente e afastei Kyo. Levantei a perna e estiquei-a, projectando o rapaz, preso à cadeira, contra a parede. Ele surpreso pelas minhas acções súbitas e pela dor proporcionada, soltou um grito.
- Vais falar agora? - perguntei, mas também não obtive resposta. Olhei para o amigo dele - E tu falas? - Não obtive resposta mais uma vez.
Rodopiei e acertei-lhe com a perna, arrastando a cadeira para trás e depois fazendo-o tombar. Voltei-me de novo para o primeiro e olhei-o nos olhos. Nos meus, apenas reuni o chakra que projectaria nos dele, submetendo-o ao meu Sharingan.
- Diz o que sabes - comandei.
- Eu não... Um homem... não sei o nome dele, mas costuma aparecer perto da Loja de Ramen e vende nos as drogas quando lá vamos comer. É tudo o que sei.
- Escreve nesta folha todos os Gennins que andem a comprar-lhe substâncias - ordenei e ele assim o fez.
Tentei o genjutsu no outro, mas nenhuma informação diferente nos foi dada e portanto decidimos que era altura de comer Ramen e começamos a caminhada.
- Não precisavas de ser tão bruto - refilou a rapariga de cabelos roxos.
- Funcionou, não funcionou? - perguntei, sorrindo.
- Hai, funcionou muito bem - disse o shinobi da Pedra - Reclamar para quê? - e soltou uma leve gargalhada, seguida de uma minha e um ar carrancudo da parte de Hiroshi.
Aproximavamo-nos da rua do restaurante de Ramen.
- Se formos os três vai dar merda - disse. Kyo riu-se.
- É verdade, juntos vamos chamar a atenção - Reforçou o rapaz do clã Kusanagi.
- Então como fazemos? - inquiriu a Yamanaka.
- Bem, quem é que costuma comprar drogas ao homem? - perguntei, tentando conter uma gargalhada que me tentava escapar pelo canto da boca.
- Os Gennins mais fracos... - começou a responder Hiroshi.
Troquei olhares com Kyo e depois olhamos ambos para a kunoichi.
- Hãn? SEUS MALDITOS! - gritou furiosa - Isso é extremamente machista!
Mais uma vez, eu e o rapaz de Iwa, perdemos às gargalhadas. Depois de alguma conversa lá convencemos a Yamanaka a ir fingir comprar algum material, para que pudéssemos emboscar o traficante.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rich

Moderador | Konoha
Moderador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 19
Localização : Não olhes para trás neste momento...
Número de Mensagens : 1769

Registo Ninja
Nome: Uchiha Takeshi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 630
Total de Habilitações: 257,5

MensagemAssunto: Re: Missão Rank C - Passagem pela Fronteira   Qui 28 Mar 2013 - 15:47

Do tempo que passo com aquele Uchiha, 99% ele chateia-me. Agora era eu quem ia fazer o “trabalho sujo”. Os dois rapazes decidiram tomar posições estratégicas. Enquanto eu ia tentar falar com o misterioso homem, Kride ia ficar no escuro de um beco com visão total dos meus movimentos e Kyo iria sentar-se numa mesa do restaurante com um ângulo de visão restrigido a Kride, mas assim que este fizesse algum sinal o rapaz de Iwa iria entrar em cena. O Uchiha foi andando lentamente para o seu posto e eu ia atrás dele:
-Não vejo ninguém... – dizia ele discretamente
Kyo vinha na direção oposta. Entrou no restaurante e eu atrás dele. Sentei-me numa mesa e ele atrás de mim:
-Hiroshi-san não vi ninguém daquele lado. As ruas estão totalmente vazias.
Por um lado fiquei aliviada, pois assim não tinha de enfrentar o homem, mas por outro fiquei angustiada com aquela espera. Os minutos tornaram-se horas e perto da hora do jantar, hora em que o restaurante enchia, Kride fez-me sinal. Um homem, vestindo uma gabardine escura e com um chapéu, havia-se encostado a uma árvore a escassos metros da porta dos fundos do restaurante. Pouco tempo depois apareceram dois rapazes: um gordo e outro mais esguio. Aproximaram-se dele e olharam para todos os lados antes de irem para trás do restaurante com o homem. Alguns minutos depois voltaram. O homem encostou-se à árvore e os jovens passaram pelo restaurante. O mais esguio llimpou o dedo à calças e o mais gordo limpou o nariz. Sorriram um para o outro e fugiram. Kride acenou. Levantei-me e inspirei:
-Cá vai.
Pus as mãos nos bolsos e andei para a posição do homem. Senti um arrepio quando o seus gélidos olhos cruzaram o meu corpo:
-Olá boneca. Que queres? – perguntou
O seu hálito cheirava a menta. A fraca luz do luar apenas permitiu-me ver parcialmetne o seu rosto: tinha a barba pequena, olhos castanho-amarelado, o cabelo curto e escuro:
-Tem alguma coisa para dar boost? – sorri
“ ’Boost’? Que raio fui eu dizer?”
O homem soltou uma pequena gargalhada:
-Eu não sou desses miúda, o meu negócio é outro.
Será que me tinha enganado? Comecei a corar com a vergonha:
-Os colegas meus da Academia venceram-me em mais uma luta e disseram-me que se eu quisesse ganhar um dia eu podia vir comprar um boost para as batalhas. Eu quase que não me formava gennin e ainda não venci nenhuma luta contra os meus colegas. Ajude-me.
Esta extasiada pela maneira que tinha falado. Esperava que ele tivesse acreditado no meu discurso. De repente ele olha para todos os lados e, quando sente que é seguro, abre a gabardine e mostra vários bolsos com vários sacos pequenos, cada um com vários tipos diferentes de droga:
-Bem miúda eu tenho todo o tpo de “boost” que podes encontrar, mas se o tu problema são lutas então este é o essencial para ti.
Ele apontou para um saco e tirou-o do bolso:
-Eu chamo-lhe “Sennin falsificado”. Basicamente assim que o snifas sentes logo uma enorme energia o que irá produzir mais chakra e mais rapidamente. Os teus jutsus irão ter um bónus de quase 100% e a tua agilidade, velocidade e força também irá aumentar. Não snifes muito, porque podes ficar um pouco descontrolada. Queres experimentar?
-Não, quero poupar para as minhas lutas, mas vou confiar em si. Quanto custa Sr...? Como é mesmo o seu nome?
Eu queria ver se ele caía na minha armadilha:
-Podes-me chamar “Boggie” e são 20 ryos cada saco.
Agarrei no saco que ele tinha na mão. Lá dentro estava um pó parecido com farinha, mas mais solto, de um tom azul-claro esbranquiçado:
-Isso mata?
O homem tremeu um pouco a voz. A resposta errada e poderia perder uma cliente:
-Matar, não mata, mas se tomares em excesso pdoes ficar extremamente mal. Queres?
Dei dois passos para trás:
-Nah, fica para outra altura.
Enfiei dois dedos na boca e assubiei. Kride agarrou de imediato nas suas correntes e começou a girá-las. Kyo percebeu o sinal e saíu disparado do restaurante:
-Quem és tu miúda? Que raio?
Assim que Kride chegou perto de mim lançou-lhe as correntes. O homem baixou-se e as correntes atingiram o chapéu. Sem mais demoras desatou a correr rua fora:
-Ele está fugir! – gritou Kyo
-Jura? – gozou Kride
-Deixem de ser parvos, vamos!
Comecei a correr, seguida de Kride e Kyo. Kyo era mais rápido por isso ultrapassou-me e Kride fez o mesmo. O Uchiha girou as correntes e atirou. O homem, ao ouvir o tintilitar das correntes, saltou, virou-se e lançou duas kunais antes de voltar a correr:
-Já sabemos que ele sabe a arte ninja... – disse Kyo
O homem, que se intitulava “Boggie”, virou à esquerda e entrou num armazém. Ouviram-se várias vozes:
-Ele tem um exército. –disse
-Vocês têm-me a mim. – sorriu Kride
Kyo riu-se ofegante, assim como todos nós:
-Eu vou entrar. – disse Kyo
-Então e nós? - perguntei
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://senpai-k.tk
Bruno Moraes

Administrador | Iwa
Administrador | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 29
Localização : Em algum lugar de lugar nenhum
Número de Mensagens : 3387

Registo Ninja
Nome: Kyo Kusanagi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 14350
Total de Habilitações: 733,75

MensagemAssunto: Re: Missão Rank C - Passagem pela Fronteira   Sex 29 Mar 2013 - 13:31

- Não creio que seria uma boa idéia todos nós entrarmos pela porta da frente, pois se for uma armadilha todos serão pegos de uma só vez. _ falou o iwanin a jovem.

- Tens razão deve ter outra forma de entrar, então é bom nos dividimos e um por cada canto. _ complementa o Uchiha para o grupo.

- Concordo com vocês, mas como vai se então? Temos que procurar outras formas de entrar._ retruca a Yamanaka.

Com isso os três começam a procurar outra passagem para dentro daquele armazém, eles tomam muito cuidado para que não chamem muita atenção dos meliantes, para que não saibam que estão sendo cercados. Depois da procura os shinobis acham mais duas possíveis entradas, uma é uma janela que fica na parte traseira do armazém, outra fica no alto do armazém que tem uma espécie de janela aberta quase chegando ao teto bem acima da entrada principal.

- Pois bem, eu vou pela parte de trás para pega-los de surpresa. _ fala Kride.

- Então eu vou pela janela superior para dá cobertura para o Kyo-kun. _ explica a kunoichi.

- Então eu vou pela porta principal na cara e na coragem para arrebentar a cara desses infelizes. _ fala Kusanagi a bater com o punho direito na palma da mão esquerda. _ Espere antes de partir acho melhor não matarmos o tal de “Boggie”, pois já sabemos que ele é o vendedor, mas não sabemos se ele é o transportador dessas cargas. Pois lembro que esse mesmo problema teve em Suna, prendemos o responsável pela venda, mas como isso continuou em Konoha deve alguém por de trás que deve realmente fabricar essas drogas.

- Não sabia que essa droga era um problema antigo, você tinha que ter dado essa informação antes Kusanagi. _ fala o gennin de Konoha.

- Desculpe, eu tinha me esquecido de comentar. _ fala meio sem graça passando a mão na cabeça.

- Então nosso objetivo não é só parar a venda dessa substância e sim acabar com sua produção? _ pergunta a Yamanaka.

- Isso mesmo, nós vamos resolver esse problema por completo. Não vou deixar um serviço pela metade como nosso companheiro aqui. _ responde Kride.

- Ei! Não precisa esculachar também. Afinal aposto se eu não falasse isso você iria matar aquele cara sem mesmo perguntar nada a ele. _ retruca Kyo as farpas de seu parceiro de equipe.

- Parem de brigar garotos, vamos logo adentrar no recinto. Pela demora que estamos aqui, já deve ter dado mais de tempo dos patifes terem preparado algo. _ reclama a componente feminino da equipe _ Meninos são tão bobos.

- Está bem, então vamos agir. É só capturar esse tal de “Boggie” que uso meu sharingan e o faço pia que nem um pintinho. _ finaliza o Konohanin.

Com a estratégia pronto todos vão para seus respectivos lugares e se preparam para adentrar no armazém. Hiroshi concentra seu chakra nos pés e usando seu Kinobiri começa a subir a parede do lugar, sempre mantendo a quantidade necessária para não usar chakra demais ou de menos, conseguindo subir sem muita dificuldade. Kride usa a mesma técnica redirecionando seu chakra aos pés e subindo até a janela que ficava aos fundos do esconderijo. Kyo por sua vez iria entrar pela entrada principal, mas ao tentar abrir a porta percebe que ela está trancada por dentro, sendo necessário de usar a força para abrir passagem. Logo reúne chakra em seu corpo começando ficar escura a tonalidade de sua pele quando usa o Domu, depois redireciona mais chakra para seu braço direito formando um punho de rocha bem resistente. Agora ele tinha a força extra necessária e o punho perfeito para arrebentar com a porta, começa então pegar uma distância para aumentar ainda mais a força do golpe, depois corre o mais rápido que pode procurando dar mais impulso ao golpe, e usando o movimento do quadril e ombro para não perder nenhuma dose de força seu golpe, acerta um belo soco direto na porta denominado Gangeki. O golpe foi bem forte que derruba a porta, mostrando ter além do homem que perseguia mais outros três garotos com eles.

- Olá pessoal, meu nome é Kyo Kusanagi e estou aqui para chamar vocês para uma conversinha. _ fala o iwanin aos seus oponentes ou entrar no armazém.

Todos os quatros meliantes dentro do armazém olham assustados da forma “muito sutil” do gennin adentrar no local. Logo puxam suas armas e ficam em posição do ataque, mas logo começam a ver uma espécie de clones negros a saírem do chão, era a Yamanaka que estava a usar seu chakra para soltar um genjutsu nos quatros oponentes, na tentativa de auxiliar seu parceiro em combate. Os garotos que não pareciam ser muito inteligentes começam a atacar os clones, que a cada ataque que recebiam se dividiam formando outro clone. O Uchiha que entra no local pela parte dos fundos, começa a executar uma seqüência de selos e respirar fundo acumulando chakra nos pulmões, depois com um forte sopro lança uma nevoa inflamável que se espalha pelo armazém. Kride olha para Kusanagi fazendo um sinal de positivo, logo o jovem entende o recado e também respira fundo acumulando chakra em seus pulmões junto com ar, depois lança com um sopro uma bola de fogo usando seu Endan. A chama ao entrar em contato com o gás expelido pelo konohanin inflama o todo gás e ocasiona uma explosão fazendo alguns escombros cair por cima dos meliantes.

- É isso aí os pegamos. _ grita a Yamanaka.

- Espere, acho que foi fácil demais, devemos prosseguir co cuidado. _ fala o Uchiha.

Ouvindo as palavras de seu companheiro o gennin de Iwa, vai se aproximando calmamente até os escombros onde haveria de se encontrar os patifes, ficando bem atento a qualquer movimento que poderia ter ali.

CONTINUA....
Voltar ao Topo Ir em baixo
BigBoss

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Número de Mensagens : 1654

Registo Ninja
Nome: Kride Uchiha
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 296,5
Total de Habilitações: 291,25

MensagemAssunto: Re: Missão Rank C - Passagem pela Fronteira   Sex 29 Mar 2013 - 19:39

Examinei os escombros. Continuavam vivos, mas os fluxos de chakra não era fortes. Aproximavamo-nos deles cuidadosamente, um passo de cada vez, sem baixar a guarda. E então observei algum movimento. Parecem estar a tentar sair, pensei, mas logo a seguir os fluxos de chakra dispararam, aumentando a um ritmo velocíssimo. Tinham tomado a droga...
- CUIDADO! - avisei - AFASTEM-SE!
Os meus colegas de equipa deram um pulo para trás, do outro lado dos escombros e mesmo a tempo. Nesse exacto momento, os ninjas escaparam debaixo dos escombros, afastando-os, com a força emprestada pelas substâncias que ingeriram. Kyo reagiu imediatamente, fazendo alguns selos e focando chakra no braço, formando uma cobertura de rochas. Concentrou mais chakra ainda e o seu corpo denunciou o peso das rochas aumentar. Correu para a frente disferiu um valente murro num dos ninjas, projectando-o com tanta força que este a acabou do outro lado do armazém.
Boogie aproveitando a distracção e consumindo ele próprio as drogas que vendia, saiu disparado de dentro dos escombros, com um veloz Shunshin. Tentei opor-me à sua fuga, mas o aumento das suas capacidades tinha o tornado demasiado veloz.
- Kyo, vai atrás dele - gritei. O rapaz iniciou a perseguição ao Boogie, passando pelos restantes ninjas e por mim, saindo pela porta dos fundos, atrás do traficante.
Executei alguns selos e inspirei fundo. Injectei chakra no oxigénio e cuspi múltiplas bolas de fogo em direcção aos ninjas. Um deles saltou, ficando no ar, desprevenido. Saquei as correntes e arremessei-as, prendendo-o e fazendo as shurikens e kunais, presas às kusari, cravarem-se no seu corpo. Puxei as correntes e comecei a rodar, cada vez mais depressa, aguentando-as com toda a minha força e depois larguei-as, deixando o corpo dele embater violentamente nas paredes do armazém. Com um rápido shunshin, recuperei as correntes.
No outro lado, a Yamanaka debatia-se com os outros dois ninjas. Queria perseguir o Boogie, mas não podia deixar a Yamanaka sozinha com ninjas com os poderes aumentados. Atirei algumas kunais distraindo os ninjas. Atirei uma com um papel explosivo para o que estava mais afastado de Hiroshi, a fim de o afastar mais ainda. O outro, distraído, não se apercebeu que a kunoichi se aproximava. A rapariga de cabelos roxos esticou a perna, pontapeando-o na cabeça, abaixando-se logo de seguida e dando outro nas pernas do rapaz, desequilibrando-o. Agarrei o momento e juntei as mãos, para fazer os selos necessários, e nos pulmões mais uma vez reuni chakra. Utilizei o Shunshin no Jutsu e apareci perto do rapaz. Dei-lhe um pontapé nas costas com bastante força, elevando-o no ar e de seguida libertei uma nuvem de gás inflamável. A Yamanaka já conhecia a técnica de colaborações passadas em missões e já o testemunhara no presente dia, portanto, não teve problema em reconhecer a minha táctica. Afastou, juntando as mãos perfazendo selos e concentrando chakra nos pulmões, acabando por cuspir uma bola de fogo que encadeou uma explosão, deixando o rapaz incapaz de lutar.
- Deixo o outro nas tuas mãos - informei - Quando acabares de tratar dele, junta-te a nós!
- Wakata! - acenou com a cabeça afirmativamente com uma expressão de determinação no rosto.
Desloquei-me através da técnica de movimento rápido do corpo e apressei-me a sair dali, para me juntar a Kyo na perseguição de Boogie.
Ainda no armazém, a kunoichi atirava kunais e shurikens ao seu oponente e este retribuía, afastando-as com as suas próprias armas. Recorrendo mais uma vez à técnica dos servidores do nevoeiro, Hiroshi criou um grupo de clones que se elevou do chão, de um liquido de cor negra. O rapaz, burro como outrora fora, no início do combate, decidiu atacar os clones, sendo que por cada um que destruía, dois se formavam. A Yamanaka aproveitou e depois de reunir o chakra necessário expeliu duas esferas ardentes contra o ninja, atingindo-o em cheio, no meio da confusão de clones. Arremessou algumas shurikens escondidas entre os clones e depois, ainda no meio da confusão aplicou mais uma vez o Konoha Senpu, disferindo um pontapé na cabeça e depois um nos joelhos e aquando do desequilíbrio do ninja, aplicou um valente soco com as suas soqueiras de metal, fazendo-o sangrar da boca. Disferiu alguns golpe mais, deixando-lhe a cara ensanguentada e privado de sentidos, caído no chão. Aí começou a deslocar-se no sentido de se reunir comigo e com o Kyo, na perseguição do Boogie.
Já eu tinha-me alcançado Kyo, na perseguição do traficante, mas esse insistia em ser mais rápido que nós. Mas então pensei em algo.
- Kyo, prepara-te para apanhá-lo... Tens algum jutsu de Doton, que conseguias usar para prendê-lo?
- Sim, vai em frente. assim que a oportunidade surgir, eu apanho-o - respondeu ele, confiante das suas habilidades.
Juntei nas pontas dos dedos um grandiosa quantidade de chakra e libertei-a, formando dois grupos de corvos. Com os meus dedos, através da modificação de ondas de alta frequência, fi-los voar e parar um pouco mais à frente, bloqueando as duas esquinas por onde o traficante podia virar. De seguida, olhei para as duas paredes de casas de lados opostas da rua, a rua que era o único caminho possível para Boogie. Usei o Sharingan e concentrei-me nessas duas paredes. Saquei duas correntes com kunais e arremessei-as. Estas embateram, com um ângulo apropriado nas paredes e foram desviadas para a parede oposta, fazendo com as kunais perfurassem as paredes e deixando as correntes a bloquear o caminho, na forma de um "X". De seguida arremessei duas kunais para prenderem as correntes em baixo, de forma a manterem a tensão.
- Agora é a minha vez! - anunciou, regozijado, Kusanagi.
Formou alguns selos e projectou o seu chakra no chão, formando duas enormes serpentes que a uma velocidade estonteante alcançaram e amarraram o traficante.
- Feito - disse Kyo, com um sorriso no rosto - Agora é a tua vez.
- Hai - respondi.
Aproximei-me de Boogie, com uma kunai na mão.
- Vou dar-te uma oportunidade de cooperares a bem - informei, com um tom sério.
- Tou-me a lixar para o que dizes - retorquiu o traficante, insolentemente.
Num reflexo rápido, agarrei-lhe o braço que ficava preso entre as cobras de pedra e perfurei-lhe a mão de um lado ao outro com a kunai. O sangue escorreu-lhe pelos braços e começou a pingar no chão.
- E agora? Já falas?
- Sim, sim... por favor, não me magoes - implorou.
Olhei-o fixamente e inseri-o no genjutsu do Sharingan, mas não o comandei que dissesse a verdade.
- As drogas são feitas fora da vila, numa cabana a Este, escondida por entre a floresta por...
Antes que pudesse terminar a frase, arranquei-lhe a kunai da mão perfurada e furei-lhe a outra mão, jorrando mais sangue.
- Kride! O que é que estás a fazer? - Inquiriu Kyo.
- Ele está a mentir... estou a mostrar-lhe a consequência do acto! Ele tenta afastar-nos da vila, dizendo-nos que as drogas são feitas a Este, confirmando o que eu suspeitava. A razão pela qual as drogas não são detectadas nos portões da vila, é porque elas estão sendo produzidas cá dentro! Não é assim, Boogie? - E dessa vez enviei chakra através do contacto visual, forçando-o a falar.
- Não... - Induzi ainda mais chakra no genjutsu, quebrando a sua resistência - Sim, eles fazem o material numa casa. Numa casa no limite da vila, do outro lado do rio que atravessa Konoha.
O traficante deu-nos todas as informações necessárias, incluindo o número de inimigos que encontraríamos. Seis ninjas, na tal casa no limite da vila e entretanto a Kunoichi de cabelos roxos chegou. Informamos a nossa colega com os novos desenvolvimentos da missão e iniciamos a marcha até ao local onde produziam as drogas, passando pela Residência do Hokage e deixando o traficante lá com shinobis que se encarregariam de o levar à justiça.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rich

Moderador | Konoha
Moderador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 19
Localização : Não olhes para trás neste momento...
Número de Mensagens : 1769

Registo Ninja
Nome: Uchiha Takeshi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 630
Total de Habilitações: 257,5

MensagemAssunto: Re: Missão Rank C - Passagem pela Fronteira   Sab 30 Mar 2013 - 13:52

O traficante fora levado de imediato para o escritório do Hokage. Nós continuámos a nossa caminhada para a tal casa. Alguns minutos depois começámos a ouvir o som da água a correr. Quanto mais nos aproximávamos do rio, o som de água a correr era abafado por um roncar de peças:
-Este barulho deve vir das máquinas que produzem a droga. – disse Kride
Eu e Kyo concordámos. Finalmente alcançámos a casa. Era uma casa simples de dois andares (rés-do-chão e primeiro andar) e também tinha o que parecia uma cave:
-Ali. – disse eu apontando para umas janelas iluminadas debaixo da entrada da casa – Tenho a certeza que é ali que eles a produzem. Kride podes usar o teu sharingan e ver como está a situação?
Ele assentiu. Olhou fixamente para a casa e os seus olhos ganharam um novo elemento: um pequeno ponto, parecido a uma vírgula que girou sobre a sua pupila e depois parou sobre esta. O sharingan assustava-me:
-Confirma-se o que ele disse, eu vejo seis fontes de chakra em movimento.
-Como é que vamos entrar? – perguntou Kyo
Olhei para a casa e vi um traficante a sair para ir fumar:
-Eu sei como. Deixem comigo, mas preciso que me façam um favor.
Eles assentiram:
-Assim que o meu corpo cair ao chão um de vocês me agarre e leve-me para uma árvore alta, mas não muito longe, e aí me prendem com as correntes do Kride ok?
-Ok – disseram os dois
Caminhei para a casa. Entretanto começava a preparar o jutsu. O homem olhou para mim, mas antes que pudesse gritar eu já tinha feito o selo oval e o chakra já estava concentrado na testa e nas mãos. Projetei a mente quase que instantaneamente e, assim que ela atingiu o homem, a possessão foi imediata. Assim que passei a ver pelos olhos do homem vi Kride a atar o meu corpo numa árvore. Assim que este viu que estava bem presa fez-me sinal. Assenti. Entrei na casa e falei:
-Eu vou fazer uma ronda. Ouvi qualquer coisa lá atrás.
-Deves ‘tar doente. Gyo tu nunca fazes ronda, seu preguiçoso de merda.
Eles riram-se:
-Hoje apetece-me. Fui!
Expirei profundamente quando fechei a porta. Todo o corpo tremia e sentia o suor a escorrer-me pela testa. Assim que Kride percebeu que era eu aproximou-se juntamente com Kyo:
-Safei-me...- disse
-Não sabia que conseguias controlar a mente. – disse Kyo
-Aprendi à alguns meses, mas agora não temos a perder. Eu disse-lhes que vinha fazer uma ronda e ao que parece este otário é um preguiçoso e o disfarce podia ter ido por água abaixo. Kride fica sempre atento a fontes de chakra ok?
-Certo.
-Vou ver se consigo encontrar o transportador. Até já.
Voltei para dentro da casa. Antes precisava saber onde se fabricava a droga. Lá dentro ninguém perguntava nada a ninguém, por isso foi fácil chegar a cave. Abri a porta, e como suspeitava, esta estava cheia de máquinas e luzes:
-Onde ela é produzida eu já sei, agora quem é o transportador?.... – pensei
Voltei para trás e comecei a subir as escadas. De repente um dos homens aborda-me:
-Hey Gyo vou fumar. Queres vir?
Ia responder “não”, mas lembrei-me que o homem ia fumar quando eu invadi a sua cabeça:
-Bora.
Quando me viro para ir lá para fora ouço a gritar:
-INTRUSOS!
Só pensei:
-Kride e Kyo...
A porta foi aberta e as minhas suspeitas foram confirmadas. Kride girava as suas correntes e Kyo utilizava o seu Doton. Como eu não tinha as minhas soqueiras tive de usar o que Gyo tinha. Pus a mão na bolsa e senti algumas kunais. Agarrei em 4 e preparei-me:
-Boa-noite Cinderela. – disse para o homem que me tinha convidado
Agarrei o pescoço dele e cravei a kunai na garganta. Tirei-lhe a katana e corri para os outros. Kride grita:
-Eles tomaram a droga!
Kyo rapidamente começa a cobrir o seu braço com rochas e de seguida começa a girar. O peso do braço começou a ficar mais leve, mas Kyo girava cada vez mais rápido. Dois homens saltaram sobre ele, mas foram atirados para longe, inconscientes. Um clarão enorme invade a área, Kride lançara uma bola de fogo em direção aos últimos homens. Um homem contorcia-se de dor. O uchiha chegou perto dele e agarrou pelo colarinho, ativou o seu sharigan e começou o seu julgamento. Entretanto eu começava a subir a árvore onde eu estava presa. Assim que alcancei o meu corpo, cortei as correntes com a katana. Desfiz o jutsu e o corpo do homem começou a cair. Levantei-me e comecei a descer a árvore. Ouço um estalar de ossos e vejo o homem com o pescoço partido. Chego-me perto dos rapazes:
-Já sabem quem é o informador? – perguntei
-Sim. É aquele entregador de jornais o Whoka, conheces? – perguntou Kride
-Vagamente... É o disfarce perfeito: um entregador de confiança que não faz mal a uma mosca e onde é normal levar grandes conjuntos de pacotes por causa do jornal. E tem acesso a todas as nações em suspeitarem.
-Então e agora? – perguntou Kyo
-Vamos atrás dele! – respondeu Kride com um sorriso na boca

EDIT:
Citação :
Desculpem o tamanho, mas não sabia o que por. Creio que com o posto do Bruno podemos acabar com isto, mas é uma questão que podemos falar no Skype.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://senpai-k.tk
Bruno Moraes

Administrador | Iwa
Administrador | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 29
Localização : Em algum lugar de lugar nenhum
Número de Mensagens : 3387

Registo Ninja
Nome: Kyo Kusanagi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 14350
Total de Habilitações: 733,75

MensagemAssunto: Re: Missão Rank C - Passagem pela Fronteira   Sab 30 Mar 2013 - 22:45

Os jovens teriam que enfrentar mais um inimigo, o que não seria um trabalho fácil, já que estavam bem esgotados devido a lutas anteriores. A jovem Yamanaka ficou muito tempo fora de seu corpo, o que resultou um gasto do pouco chakra que continha. O Jovem Uchiha já havia usado muito seu sharingan para lançar genjutsus e para ver todos os moimentos de chakra. Já o iwanin também usou uma boa quantidade de jutsus, mas por ter reservas de chakra maiores que seus companheiros estava em melhor estado, mesmo assim não poderia a ficar lançar jutsus ao monte. O jeito eram apelar para ataques físicos e só usar seus jutsus em ultimo caso.

- Bem como vamos achar o Whoka agora. _ pergunta a kunoichi.

- Pelo jeito teremos que nos dividir e caçá-lo por toda vila. _ fala Kride aos seus companheiros.

- Bem, eu tenho uma idéia melhor. _ Pronuncia o gennin estrangeiro.

O jovem morde seu polegar ao ponto de sair uma pequena dose de sangue, depois começa a executar uma seqüência de selos com as suas mãos, concentra sue chakra para redirecionar até suas mãos, ao colocar suas mãos no solo ele libera o chakra acumulado neste ponto. Com isso ele consegue invocar seu pequeno lobo branco denominado Law que aparece em meio a uma cortina de fumo.

- Pessoal esse é meu Okami Law, ele não é do tipo lutador, mas em compensação é um perito em rastreamento. Ele tem um faro muito apurado e pode usá-lo para ir direto ao Whoka. _ assim se pronuncia o shinobi da Vila da Pedra.

- Realmente seria uma idéia melhor que a minha só que você se esqueceu de um detalhe. Não temos o cheiro do Whoka, logo seu vira-lata (cão sem raça) não poderá nos ajudar. _ retruca o Uchiha.

- Kride, Kride, Kride. Vocês de Konoha se acham sempre melhores que os de outras vilas, só porque foram à primeira vila a ser criada e por seus ancestrais serem os shinobis mais famosos. Mas não podem desvalorizar os talentos dos shinobis de outras vilas, vejam só. _ jovem Kusanagi coloca sua mão no bolso e retira um pequeno saco que continha a substância ilegal _ Estão vendo, essa será a nossa pista. Tirei esse pequeno saco com a droga do bolso do Boogie enquanto o carregava.

- Mesmo assim deve ter aos montes espalhado pela vila. _ proferi a Yamanaka.

- Sim eu sei. _ responde Kyo _ Mas como foi dito pelo o ultimo cara que interrogamos, esse tal de Whoka fica a andar pela vila com uma boa quantidade dela distribuindo para seus vendedores. Logo o cheiro dessa droga deve estar por todos os lugares, é só pedir para o Okami ir para o local onde tem a maior concentração dela. Logo lá vai estar o distribuidor e fabricante da substância, o maldito do Whoka.

O Uchiha fica impressionado com a perspicácia de seu companheiro iwanin, ele até então parecia que era só um garoto super forte com poucos conhecimentos, contudo se mostrou ser também um shinobi bem estrategista e que pensa no próximo passo. Logo ele sorri para o Kusanagi e bate nas costas do parceiro como se dissesse “bom trabalho”, ficando agora a espreita para ver qual será a rota que o lobo iria o levar.

- Pois bem Law aqui está substância, agora nos leve onde tem a maior concentração dela. _ fala o iwanin ao seu lobo ao se abaixar para ele cheirar.

Logo o pequeno Okami começa a procurar vestígios dessa substância, por seu olfato ser altamente apurado ele consegue sentir vários vestígios dele, mas ele começa a se concentrar para o local que parecia ter o maior foco dela. Uma longa corrida começa, os três shinobis junto com o lobo usam seu Kinobiri para subir até os telhados das casas, calculando bem a quantidade exata de chakra que teriam que usar. Usando os telhados das casas eles cortam caminho, fazendo um percurso de linha reta para diminuir a distância ocorrida. Os saltos que os jovens davam eram precisos, por estarem usando chakra nas solas dos pés os riscos de caírem eram pequenos, contudo ainda mostravam muita agilidade para darem saltos de um canto ao outro, onde outrora corriam pelas paredes mesmo se aproveitado do Kinobiri. Além da boa resistência de correrem por uma longa distância, levando o máximo dos músculos de suas pernas, que ficam rígidos devido a maratona que tiveram.

- Esse lugar não chega, estou exausta já. _ reclama a Yamanaka, que era visivelmente a mais cansada do grupo.

- Será que esse lobo sabe para onde estamos indo? Pois parece que estamos a andar em círculos pela vila. _ se queixa o Uchiha, começando a duvidar do olfato de Law.

- Fiquem quietos e deixem eu me concentrar. _ retruca o pequeno lobo.

- Nossa ele fala! Não sabia que tinha lobos falantes. _ se expressa a kunoichi surpresa pelo lobo falar.

- Claro que ele fala, ele não é um lobo comum, ele é pertencente aos Okamis Kasai, uma linhagem de lobos que nasceram através do pacto do primeiro Kusanagi com a própria Deusa do Sol Amaterasu. _ explica Kyo.

- Nós estamos a andar muito porque a concentração dessa tal substância está a se mover. Mas agora está bem perto, creio que esteja a uns cem metros à frente. _ fala o Okami.

- Então é melhor diminuir o ritmo e descer dos telhados, para não levantarmos suspeitas. _ proferi o Uchiha tentando não mostrar o cansaço.

- Há ta sei que é por isso. _ fala sarcasticamente o iwanin com um sorriso no rosto _ Você não quer admitir que também esteja cansado que nem a Hiroshi-chan.

- Cala boca, não é nada disso. Só que três pessoas correndo pelos telhados chamam muita atenção. _ reclama o Konohanin.

- Ta bom, ta bom. Você finge que engana que eu finjo que acredito. _ Pronuncia Kusanagi com uma risada bem safada.

Os quatros após descerem dos telhados, se esgueirando pelos cantos todos chegam até um local onde tem um senhor a conversar com um homem alto de sobretudo. Kride fala que o senhor que é o tal de Whoka, mas não sabia quem era o grandão. Da onde estavam não conseguiam ouvir o que falavam e nem ter visão para uma leitura labial, foi quando o Kyo fala que ele sabe de um modo dele chegar próximo deles sem eles notarem. Reúne uma boa quantidade de chakra e começa a penetrar no solo usando um de seus jutsus Doton, a forma de adentrar no solo era bem suave como se mover por baixo dele, com isso poderia chegar bem perto sem ser notado, conseguindo assim ouvir parte da conversa.

Whoka: Mesmo assim estou a agir como o senhor ordenou, está ta tudo sendo fabricado sem problemas.

Sobretudo: Mesmo assim vamos parar e mudar par outra vila, pois minha fontes já me disseram que capturaram o Boggie, sendo assim que logo vão saber da fabrica. Volte lá queime tudo e não deixe vestígios para que os leve até nós.

Os traficantes já sabiam da captura de um de seus vendedores, o pior é que iriam se mudar sem deixar vestígios. Os shinobis seriam forçados a agirem, senão vão ter que começar tudo outra vez. Kyo começa a acumular chakra em seu braço, logo sai do solo já aplicando um forte soco flamejante ascendente denominado Doragon no Hikō, acertando em cheio o queixo do entregador o jogando para o alto. O homem já cai ao chão completamente desacordado e com marcas de queimadura por toda cara. Kusanagi vira-se para o outro e parte em sua direção já projetando seu punho direito, mexendo bem o ombro acerta um forte soco com toda sua força no peito do grandalhão. Contudo parece que seu corpo era feito de metal, pois sente uma forte dor em sua mão ao acertar o corpo do inimigo. O homem misterioso acerta um forte soco na barriga do gennin, que é projetado alguns metros para trás batendo forte com as costas ao chão chegando a cuspira sangue pela boca.

- Olha Kride-kun o Kusanagi foi golpeado. _ grita a kunoichi.

- Droga que idiota quer fazer tudo sozinho, vamos Yamanaka. _ Reclama o Uchiha ao ver a imprudência de seu parceiro.

Os dois Konohanins usam seus movimentos rápidos e com bastante velocidade aprecem a frente de seu parceiro, que estava caído ao chão tossindo bastante e limpando a boca ao passar seu braço por ela.

- Então vocês são os shinobis que capturaram o Boggie, espera por mais. Mesmo assim vou eliminá-los aqui mesmo. _ fala o grandalhão mostrando está revestido por uma pele negra, no qual devida ser o jutsu Doton: Domu.

CONTINUA...

Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
BigBoss

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Número de Mensagens : 1654

Registo Ninja
Nome: Kride Uchiha
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 296,5
Total de Habilitações: 291,25

MensagemAssunto: Re: Missão Rank C - Passagem pela Fronteira   Dom 31 Mar 2013 - 5:01

Sem pensar duas vezes iniciei o meu ataque. Já era a segunda pessoa a diminuir-me através de palavras e eu estava decidido a prová-los ambos errados. Lancei-lhe um trio de kunais e corri atrás delas. Com a sua pele endurecida, desviou as kunais e de seguida tentou um pontapé, mas previ o ataque, com ajuda do doujutsu, e esquivei-me, colocando-lhe um papel explosivo na perna.
- KATSU! - gritei, fazendo um selo.
Deu-se uma explosão. Quando o fumo se dissipou o homem ainda se mantinha de pé, tendo a explosão provocado meros arranhões e o desaparecimento de metade das calças. A Yamanaka já atacava. Saltou e lançou um Endan e ao aterrar, disferiu um valente soco com as soqueiras no estômago do homem, mas sem grande efeito. Este por sua vez, pontapeou-a, projectando-a para trás. Nesse instante, Kyo recompusera-se e com um Shunshin agarrou a kunoichi, impedindo-a de embater na parede e atirou-a para o lado, iniciando o seu próximo ataque. Lançou uma onda de fogo, obrigando o "homem de ferro" a evitá-la, pulando, deixando-o aberto para um ataque. De seguida, reuniu as mãos perfazendo selos e depois chakra e formou um arco de fogo e lançou-lhe algumas setas de fogo que ao acertarem-lhe, explodiram, fazendo-o voar, seguido por uma nuvem de fumo.
Ainda no ar, o homem lançou vários projecteis de terra, alguns de tamanhos enormes. Tanto eu como os meus colegas de equipa conseguimos escapar. O homem aterrou e antes que pudéssemos descansar, ele inundou o labirinto de pedras, que tinha criado na rua, com chamas, que preencheram os espaços entre os rochedos, por ele arremessados, a uma alta velocidade. O ninja de Iwa, reuniu algum do seu chakra e a sua pele escureceu, tornando-o mais resistente ao ataque, que este ainda assim se afastou, para recebê-lo com menos intensidade. No entanto, a jovem do clã Yamanaka, que se apresentava como a mais cansada do grupo, não previu tal ataque e aquando do mesmo, não teve tempo de reacção. Quando as chamas finalmente lhe alcançavam opus-me ao seu caminho, protegendo a rapariga das queimaduras, virando as minhas costas ao fogo.
- Estás bem? - perguntou Hiroshi.
- Isso pergunto eu - disse-lhe com um sorriso, disfarçando a dor que me afligia as costas.
Mas não eram apenas as minhas costas a arder. A minha raiva ardia fervorosamente e demandava retribuição. Corri como um louco na direcção do misterioso homem, atirando-lhe mais uma vez um trio de kunais e de seguida aproximei-me para atacar.
- Não caio no mesmo truque duas vezes, pirralho! - gabou-se.
No entanto quando este me ia pontapear, encontrou apenas o meu sobretudo, pelo qual eu tinha me substituído e deslocado no lado oposto enlaçando-lhe a perna com as correntes.
- Hiroshi! Konoha Rendan! - gritei-lhe.
A kunoichi pareceu um pouco confusa com as minhas palavras, mas depois entendeu-as e preparou-se. Eu voltei-me para o homem.
- Essa protecçãozita de Doton... aposto que aguentava com um raio - disse, com um sorriso malicioso. De seguida comecei a correr na sua direcção e gritei bem alto - Raiton: RAI-KI-R...
O homem em pânico desfez o jutsu, rapidamente, ficando vulnerável a ataques. Do outro lado, Hiroshi acompanhava o meu movimento.
- KONOHA! - gritamos.
- DAI! - gritei eu.
- SENPU! - gritou a Yamanaka.
Ao mesmo tempo, eu e Hiroshi, elevámos as pernas no ar, disferindo um pontapé duplo na cabeça do inimigo, fazendo-o subir no ar. O Kusanagi não ficou nada atrás na estratégia de batalha e assim que viu o homem elevado no ar, totalmente desprotegido, juntou chakra nos braços e projectou uma labareda de fogo, disferindo um soco ardente e depois com o outro braço, coberto de rochas disferiu mais um golpe, projectando o inimigo num círculo, visto que a sua perna ainda estava presa às correntes, que eu agora agarrava firmemente, com bastante força para não o deixar voar e depois puxei-as, num sentido descendente, forçando o corpo do nosso opositor contra o solo. Antes que os meus colegas me impedissem corri na direcção dele, acumulando do que me restava de chakra nos pulmões e tratei de lhe queimar as costas, expelindo um Goukakyu menos forte e não letal.
- Kride! - chamaram.
- O que raio estás tu a fazer? - Questionou o rapaz de Iwa.
- Amor com amor se paga - respondi.
- São sempre a mesma coisa, vocês - queixou-se a Yamanaka.
Devido à minha proeza no final da batalha, fiquei um pouco desgastado e portanto os meus companheiros decidiram que eu deveria arrastar o criminoso pelas correntes. A meio do caminho pedi "gentilmente" que o shinobi de Iwa o levasse, permitindo me recuperar do combate. Assim, Boogie, Whoka, Gyo, os restantes fabricantes e o informador foram levados à justiça do Hokage.
- Harigato - agradeceu o Hokage no seu escritório - Mais um bom trabalho de cooperação internacional - disse com um sorriso estampado no rosto.
Depois de recebermos as recompensas monetárias saímos do edifício.
- Kusanagi... realmente, Iwa tem bons shinobis - disse com uma expressão ainda séria no rosto - Hiroshi, vemo-nos por aí. Sayonara! - e desapareci das suas vistas...

FIM


Nota a quem reservar: No meu caso em particular, não sei a situação dos meus colegas de equipa, tenho um treino por avaliar (já reservado, mas ainda não avaliado) e não estou acostumado com o sistema de avaliações múltiplas e as regras do mesmo sistema, dizem que os treinos tem prioridade, portanto deixo esta nota
Voltar ao Topo Ir em baixo
Eve

Administrador | Kiri
Administrador | Kiri
avatar

Sexo : Feminino
Idade : 25
Localização : Hellcife
Número de Mensagens : 3285

Registo Ninja
Nome: Harima
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 3350
Total de Habilitações: 106,25

MensagemAssunto: Re: Missão Rank C - Passagem pela Fronteira   Dom 31 Mar 2013 - 17:55

Não te preocupes com teu treino, Shad, já o avaliei (sorry pela demora hahaha)
Reservo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Eve

Administrador | Kiri
Administrador | Kiri
avatar

Sexo : Feminino
Idade : 25
Localização : Hellcife
Número de Mensagens : 3285

Registo Ninja
Nome: Harima
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 3350
Total de Habilitações: 106,25

MensagemAssunto: Re: Missão Rank C - Passagem pela Fronteira   Dom 31 Mar 2013 - 19:37

  • Kride


Ninjutsu: 18,5 + 0,75 = 19,25
Taijutsu: 6,75 + 0,75 = 7,5
Kenjutsu: 7,75 + 0,75 = 8,5
Genjutsu: 9,25 + 0,25 = 9,5
Selos: 13,75 + 0,5 = 14,25
Trabalho de Equipa: 1.5 + 1 = 2,5

Força: 3.75
Agilidade: 9,25 + 0,75 = 10
Controlo de Chakra: 25,25 + 1,25 = 26,5
Raciocínio: 3,25 + 0,25 = 3,5
Constituição: 9 + 0,75 = 9,75

Total avaliado: 6/7 + 1 T.E
Total das habs: 108 + 7 = 115

~~~~~~~~~~~~


  • Hiroshi

Ninjutsu: 4 + 1 = 5
Taijutsu: 4,25 + 1 = 5,25
Kenjutsu: 2 + 0,25 = 2,25
Genjutsu: 3,25 + 0,25 = 3,5
Selos: 3 + 0,25 = 3,25
Trabalho de Equipa: 2.25 + 0,75 = 3

Força: 2.25
Agilidade: 4 + 0,75 = 4,75
Controlo de Chakra: 7,25 + 1,25 = 8,5
Raciocínio: 2 + 0,25 = 2,25
Constituição: 2,5 + 0,75 = 3,25

Total avaliado: 5,75/7 + 0,75 T.E
Total das habs: 37 + 6,5 = 43,25*

~~~~~~~~~~~~

  • Kyo


Ninjutsu: 46,25 + 1,5 = 47,75
Taijutsu: 30 + 0,5 = 30,5
Kenjutsu: 23,75
Genjutsu: 9,75
Selos: 21 + 0,75 = 21,75
Trabalho de Equipa: 13,75 + 1 = 14,75

Força: 18
Agilidade: 28,75 + 0,75 = 29,5
Controlo de Chakra: 60,5 + 1,25 = 61,75
Raciocínio: 8,75 + 0,25 = 9
Constituição: 24,25 + 0,75 = 25

Total avaliado: 5,75/7 + 1 T.E
Total das habs: 284,75 + 6,75 = 291,5

~~~~~~~~~~~~

Comentários: A missão foi muito boa, adorei avaliar. Só acho que vocês podiam diversificar mais nos jutsus (por exemplo, o braço de rochas do Kyo estava dando nos nervos, o genjutsu do sharingan do Kride idem), este foi o fator determinante para não terem ganho o máximo. Todos têm a recompensa completa; Rich, a soma antiga de tuas habs estava errada, isto e tudo o mais foi atualizado Cool
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado





MensagemAssunto: Re: Missão Rank C - Passagem pela Fronteira   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Missão Rank C - Passagem pela Fronteira
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Konohagakure :: Missões :: Missões Arquivadas-
'); }