Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 RANK D - Jardineiro por um dia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
killer999

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 26
Localização : In your head
Número de Mensagens : 12265

Registo Ninja
Nome: Angelus
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 31866
Total de Habilitações: 693,75

MensagemAssunto: RANK D - Jardineiro por um dia   Dom 11 Ago 2013 - 17:59

Descrição: Uma idosa precisa de ajuda com o seu jardim, devido a uma recente doença que a atacou. O trabalho dos jovens gennins é para cuidar dos canteiros da mulher e remover ervas daninhas, plantando novas flores e de recolher todas as ervas que estejam. A mulher irá inspecionar o jardim quando a tarefa estiver completa e se não não estiver satisfeita o trabalho de jardinagem terá de ser reiniciado.

Recompensa: 300 ryo + 1 scroll de novo jutsu + 1 ponto de cumprimento
Número de Ninjas: 1/2 Gennins no máximo

Pessoas Inscritas: Kennji
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.dragonball-pt.info
Kennji

Membro | Konoha
Membro | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 22
Localização : Brasília
Número de Mensagens : 31

Registo Ninja
Nome: Kennji
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 890
Total de Habilitações: 33,5

MensagemAssunto: Re: RANK D - Jardineiro por um dia   Ter 18 Mar 2014 - 19:18

Podes limpar o tópico? Eu aceito a missão.

No Aguardo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ozzymandias

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 61
Localização : Unknown
Número de Mensagens : 4011

Registo Ninja
Nome: Hiroshi Daisuke
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 15190
Total de Habilitações: 1029

MensagemAssunto: Re: RANK D - Jardineiro por um dia   Qua 19 Mar 2014 - 17:14

Inscrito. Pode começar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kennji

Membro | Konoha
Membro | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 22
Localização : Brasília
Número de Mensagens : 31

Registo Ninja
Nome: Kennji
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 890
Total de Habilitações: 33,5

MensagemAssunto: Re: RANK D - Jardineiro por um dia   Qua 19 Mar 2014 - 18:11

Missão: Jardineiro por um dia


...! O som de um despertador dispara como a sirene de uma ambulância, cada vez mais alto, no inicio apenas vibrações, mas em cada toque do despertador seu barulho aumentava. – Droga, porra, de despertador...! Resmungava a gritos Kenji, o jovem caia da cama de cara para o chão, mas antes de quebrar seu nariz no solo de madeira, apoiara ambas as mãos para impedir o impacto com solo. – Por quê? Raios essa merda esta despertando... Questionava-se Kenji, quando sua mão direita voava sobre o aparelho o lançando na direção da parede com tanta força que o “espatifava” todo. Quando o jovem loiro sem blusa e calça apenas de cueca se levanta, olha para cima da cômoda de madeira, na qual tinha suaves detalhes de pura madeira envelhecida e cheiro do campo (área rural), percebe que ele mesmo escreveu uma carta para si. Ao pegar a carta flechando ela com os olhos arregalados e cobertos de “remela”; ele a ler.


Citação :
“Bem enchi minha cara de sake (bebida japonesa), tive uma pequena briga no bar, pelo fato de ser menor de idade, ao ser expulso do bar briguei com dois “brutamontes” que mais pareciam dançarinas da local, mesmo assim sai sem feridas. Escrevo esta carta para me recordar que amanhã tenho uma missão na casa de uma velha, uma merda de missão, diga-se de passagem, mas tenho que ir lá. A carta termina com rabiscos por toda parte”.


Ao terminar de ler a carta, Kenji está segurando um isqueiro na mão direita e a carta na esquerda, ele risca o isqueiro fazendo um pequeno barulho e uma faísca “brilhante” então toca no gás produzindo a chama, ao tocar no papel ele rapidamente se queima virando cinzas. – Bosta era o que me faltava...!

Ao termino do seu banho, Kenji vestia sua roupa tradicional, uma blusa branca sem desenhos ou palavras por cima sua jaqueta de pele de urso, calça preta e sua bota. Sobre a mesa da sala um prato fundo branco de porcelana, no fogão dentro de uma panela de aço cozinhava seu “lamen” duplo. Kenji se aproximava do fogão pegando a panela com a mistura já preparada e despejando dentro do prato, seus olhos comiam a comida antes da boca, sua boca por vez apenas salivava constantemente á medida que a mistura preenchia o prato. – Assim bem de vagarzinho, com muito carinho, foda-se...! Terminava de despejar a mistura de forma rápida, ao termino ele lançava a panela sobre a pia, a panela saia “rodopiando” sobre a mesa ate parar, Kenji puxava uma de suas cadeiras de madeira envelhecida do campo, e então em fim se sentava apreciando por cerca de cinco segundos o prato. Sem o uso de utensílios pegando nas bordas do prato que ainda tinha sua mistura fervendo, Kenji o vira sobre a boca e com rápidas golas começa a saborear a comida como se aquela fosse sua ultima refeição na vida.

No caminho para casa da “velha” a passos lentos, mas constantes, assobiava como um pássaro no sol nascente, Kenji caminha no seu estilo, coluna pouca ereta, braços balançando, e um pequeno movimento para frente e para trás com a cabeça. Quando chegou à casa da “velha” idosa, foi informado que a “velha” não poderia recebê-lo, mas á tarefa tinha sido toda anotada em uma folha fixada no mural do jardim;


Citação :
Um; Cuidar dos canteiros.
Dois; Remover erva daninhas.
Três; Plantar novas flores e de recolher todas as ervas.


No final da folha, “Irei inspecionar o jardim no final do trabalho”. A vontade de Kenji quando terminou de ler era de pegar aquela prancheta com a anotação dos afazeres e lançar ela janela adentro da casa da “velha”, mas algo dentro de si dizia. – Se controle essa não e hora para foder com tudo...! Kenji se dirigia ao jardim, mesmo com uma expressão de enojado e desprezo pouco visível em sua faceta. Ao observar o jardim por alguns segundos, viu que teria bastante trabalho para tratar, o jardim tinha ervas daninhas (uma erva daninha, é qualquer planta que esteja crescendo em nossa horta, que não seja o que queremos cultivar). As ervas daninhas estavam espalhadas por toda parte, as flores e rosas estavam queimadas, enrugadas e murchas, Kenji chegou ate a imaginar que a tal “velha” poderia ser algo igual aquelas flores e rosas. O solo do jardim parecia um “chiqueiro de porco” o odor era terrível parecia com leite azedo.

Kenji tratou de pegar uma sacola e ir tirando manualmente as ervas daninhas, algumas muito resistentes, foi preciso usar instrumento como uma pá para remover. O sol da tarde brilhava sobre o jardim, as nuvens ocultas tornavam a lua solar mais intensa e quente, o suor de Kenji respingava sobre o campo à medida que ele rançava as ervas, após tratar de boa parte as únicas coisas que passavam em sua cabeça era, água e mais água, sua expressão avia mudado dês de que começou a tratar do jardim, agora apático e sem fisionomia nenhuma, sua pele avermelhada era sinal que o sol não via sendo generoso com ele, isso que retirou sua jaqueta logo no início dos afazeres, agora estava prestes a tirar a blusa branca.

- Bosta, merda de calor insuportável, como pode isso, merda, merda, merda...! Ficava pensando à medida que terminava de retirar as ultimas erva, rancava elas como se tivesse decapitando alguém com fúria e vigor, o suor percorria seu rosto e encharcava sua blusa branca, deixando-a visivelmente molhada, a decisão não foi difícil de ser tomado, logo ele pegou e tirou a blusa, colocando-a em volta da sua cabeça e amarrando-a. – Essa porra vai ficar melhor assim.

O sol já baixava e a tarde chegava ao seu fim, a luz emitida pelo sol era de um tom laranja escuro e o vento cada vez mais fluía, o local começava a ficar arejado, Kenji tinha em ambas as mãos o cabo de uma inchada tratando o canteiro do jardim, e deixando o terreno plano para o plantio, no fim da tarde ele conseguiu terminar o canteiro, sua boca estava coberta de baba branca seca, seus lábios ressecados asseia por um gole de água, seu rosto avermelhado atingia a alta temperatura do sol da tarde, mas na sua mente somente desgosto e raiva por ter que tratar da quilo, mas em nenhum momento deixou de fazer o serviço de forma descente. Já era o fim da tarde e noite chegava o céu coberto por estrelas e o vento forte que soprava vindo do sul, um clima completamente diferente do anterior, agora fazia frio e o frio atingia a espinha dorsal de Kenji, fazendo subir um arrepio por toda parte do seu corpo deixando os poucos cabelos em pé.

- Preciso de uma pausa... Era tudo que Kenji pensava quando se acomodava no muro do jardim com um pedaço de graveto na boca, se aconchegava sobre sua jaqueta de couro, colocando sua mão atrás da cabeça e repousando sua nuca, seu olhar para as estrelas emitiam um sinal de cansaço suas pálpebras iam fechando aos poucos, seu corpo estremecia e amolecia bem aconchegado já vestindo sua blusa branca e se debruçava e pegava em um leve sono, era apenas 18h:45m.

19h30m... Um pássaro de cor preta e olhos mais pretos que sua própria cor pousa sobre o ombro de Kenji, com algumas bicadas desperta-o do sono.

“- Que bosta! Esse pássaro maldito”. Balança sua mão direita sobre o ombro com a finalidade de expulsar a ave. Se levantando e olhando para o jardim, seus olhos ainda tão pequenos quanto uma “biloca” se abria à medida que se acostumava com o “breu”. Os canteiros estavam prontos e as “ervas daninhas” fora totalmente retiradas. O plantio poderia começar. – Vou começar por essas rosas aqui. Kenji pegava a par e começava a cavar um buraco com a profundidade de “trinta centímetros”. – Mais um pouco, só mais um pouco. Depois colocava a pequena rosa dentro do buraco e começa a preencher a terra inicialmente em torno da raiz, deixando apenas um centímetro fora da terra no ponto do “enxerto”.  – Ótimo ficou bom isso. Pensava Kenji quando terminava plantar mais duas roseiras.

Quando terminou de colocar três roseiras, Kenji olhou para o canteiro e viu que poderia melhorar a situação. – Bem acho que posso fazer melhor que isso. Ele pegou um saco de terra vegetal que estava no canto esquerdo do canteiro e misturou com esterco de gado que estava em outro saco, após a mistura começou a jogar no canteiro criando assim uma profundidade de trinta centímetros, já deixando a terra pronta para o plantio do resto das rosas;

21h00h... Flores e rosas de todas as cores foram fixadas no canteiro, agora totalmente revitalizado, Kenji parava e analisava o canteiro, poderia ele começar a regar as plantas, mas sábio ele pensou. – Não posso regar agora, a melhor hora e pela manhã. O clima frio e a umidade do ar já fazia o serviço para Kenji. Ele agora organizava as ferramentas que havia usado no tratamento do canteiro, organizando tudo no canto do canteiro e deixando de fácil acesso, ao termino, ele ponha ambas as mãos sobre a cintura, uma expressão de alivio por ter terminado o canteiro em um único dia, lembrava-se das dificuldades do dia todo e de como tirou proveito do serviço, uns dos fatos que ajudou Kenji, foi que na escola interna do (País do Demônio) os alunos eram tratados como severos escravos, às vezes chicoteados para tratar do canteiro da escola.

- Foi um dia longo esse... Começava a caminhar na direção da casa da senhora, quando subia as pequenas escadas de degrau de madeira para bater na porta a porta se abriu. Uma senhora de vestido branco e largo, com pele enrugada, portanto um óculos enorme, cabelos grisalhos e um olhar penetrante, pousa na frente de Kenji.

- Olá meu filho.

- Olá!

- Vejo que tratou meu canteiro, fico grata por isso, no entanto preciso dar uma olhada.

- Fique a vontade, passei a tarde toda tratando dele. Respondia Kenji, com um sínico sorriso no rosto, como se tivesse gostado de fazer aquilo. Ambos descem as escadas em passos lentos, Kenji primeiro, depois a senhora, chegando ao canteiro, o olhar da senhora muda completamente.

- Nossa...! Seguido de um olhar de surpresa por parte da velha enrugada.

- O que, o que, tem de errado? Perguntava Kenji, com sua respiração ofegante.

- Nada meu filho! Simplesmente nunca vi meu canteiro assim.

- Ufa! Indagava Kenji, aliviando a pressão dos pulmões.

- Gostei da forma como cuidou do plantio, que tipo de adubo usou? Virava-se olhando fixadamente nos olhos de Kenji, como uma bala.

- Usei terra vegetal e esterco de vaca. Falava em quanto abaixava a cabeça desviando o olhar da senhora.

- Para todo o fim, também gostei de como posicionou as rosas/flores.

Após alguns segundos de analise, a senhora deu um abraço seguido de um aperto de mão, com um sorriso no rosto, Kenji por sua vez retribuiu o sorriso, virando-se e seguindo para sua casa.

- Nossa, que dia foi esse, me senti como antes, como se tivesse cinco anos, como eu era mesmo? Se questionava a medida que saia do local.

The End !
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kennji

Membro | Konoha
Membro | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 22
Localização : Brasília
Número de Mensagens : 31

Registo Ninja
Nome: Kennji
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 890
Total de Habilitações: 33,5

MensagemAssunto: Re: RANK D - Jardineiro por um dia   Qua 19 Mar 2014 - 19:39

Podem Avaliar
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rich

Moderador | Konoha
Moderador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 19
Localização : Não olhes para trás neste momento...
Número de Mensagens : 1769

Registo Ninja
Nome: Uchiha Takeshi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 630
Total de Habilitações: 257,5

MensagemAssunto: Re: RANK D - Jardineiro por um dia   Qua 19 Mar 2014 - 20:38

Certo, cuidado com o double-post.

Reservo
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://senpai-k.tk
Rich

Moderador | Konoha
Moderador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 19
Localização : Não olhes para trás neste momento...
Número de Mensagens : 1769

Registo Ninja
Nome: Uchiha Takeshi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 630
Total de Habilitações: 257,5

MensagemAssunto: Re: RANK D - Jardineiro por um dia   Sex 21 Mar 2014 - 20:01

HN:

Ninjutsu: 8
Taijutsu: 0
Kenjutsu: 2
Genjutsu: 0
Selos: 2
Trabalho de Equipa: 0

HC:

Força: 0 + 0,25 = 0,25
Agilidade: 2
Controlo de Chakra: 6
Raciocínio: 2
Constituição: 2

0,25/7

Total: 24 + 0,25 = 24,25

Comentários:

Cumpriste com a missão e dou-te a recompensa toda. Achei uma boa missão e cumpriste com o esperado sem exageros. Só achei meio "coise" o facto de teres colocado o que significava "ervas daninhas", but whatever....

Algum ADMIN que atualize.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://senpai-k.tk
Ozzymandias

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 61
Localização : Unknown
Número de Mensagens : 4011

Registo Ninja
Nome: Hiroshi Daisuke
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 15190
Total de Habilitações: 1029

MensagemAssunto: Re: RANK D - Jardineiro por um dia   Sab 22 Mar 2014 - 0:18

Atualizado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado





MensagemAssunto: Re: RANK D - Jardineiro por um dia   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
RANK D - Jardineiro por um dia
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Konohagakure :: Missões :: Missões Arquivadas-
'); }