Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 [Treino] Problema na Vizinhança

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Ozzymandias

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin


Sexo : Masculino
Idade : 60
Localização : Unknown
Número de Mensagens : 3919

Registo Ninja
Nome: Hiroshi Daisuke
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 30460
Total de Habilitações: 903,25

MensagemAssunto: [Treino] Problema na Vizinhança   Qui 4 Set 2014 - 17:25


Já era madrugada na residência dos Hiroshi quando Daisuke acordou em seu quarto. Com a boca seca, ele se levantou querendo beber água quando ouviu alguns murmúrios suspeitos vindos da mansão vizinha. Tendo mais curiosidade do que sede, o jovem alcançou a janela e saltou até o chão numa manobra acrobática para aterrissar silenciosamente e disparar na direção do paredão que dividia as residências num veloz shunshin. Chegando à beira do muro, ele juntou chakra nas mãos e forçou os braços para suportar seu peso e escalar rapidamente a estrutura até poder olhar por cima do muro. "Merda." - Pensou ao confirmar que algo estava errado. Havia seis homens na residência. Um deles estava sentado numa carroça, olhando em volta todo desconfiado, enquanto os outros cinco iam e voltavam trazendo objetos de valor, depositando na carroça tentando sempre manter o silêncio. Não era preciso de muita inteligência para saber do que se tratava: "Ladrões." - Suspirou com vontade de retornar à cama e deixar que as autoridades tomassem conta. Contudo, seu desejo por uma boa briga inquietou seu espírito, acabando por decidir que "descer a pancada" faria muito bem ao seu ego, ao invés de simplesmente não se intrometer.

- Ei, agora terão que dividir os lucros. - Brincou o jovem, terminando de subir no muro. Os bandidos se assustaram por um momento, mas quando viram o rapaz vestido apenas com seu pijama bege, começaram a gargalhar pela proposta indecorosa. Sob as chacotas dos meliantes, Daisuke deixou as brincadeiras de lado e finalmente saltou muro abaixo, onde realizou um ágil rolamento para economizar seus joelhos. - Agora que desceu, teremos que matar a testemunha. - Disse um deles, o único a ter uma katana na cintura. Nesse momento, os cinco bandidos deixaram o que faziam e avançaram. O primeiro bandido a chegar trazia um porrete nas mãos, golpeando-o numa trajetória desajeitada mirando na cabeça do rapaz. Antecipando-se, Daisuke realizou um rápido, mas curto, shunshin até a lateral, desviando-se do golpe enquanto elevava a perna ao juntar chakra para aumentar sua força e desferir um fortíssimo chute no queixo do bandido. A mandíbula estalou, fazendo o alvo cambalear dois metros para trás e largar o porrete. Caindo de joelhos no chão, o primeiro bandido gemeu levando as duas mãos à boca ensanguentada. Quase sem acreditar no que viram, os bandidos interromperam o avanço, mas o rapaz não esperou que os outros quatro se aproximarem.

Efetuando uma ágil cambalhota, Daisuke forçou as pernas ao máximo num salto para impulsioná-lo numa parábola até o segundo bandido. Aterrissando na distância exata, ele reuniu chakra na tatuagem esquerda e invocou seu bastão para desferir um forte golpe no ombro direito do segundo. Este, por causa da dor, deixou cair o porrete que carregava na mesma hora. Então, aproveitando a abertura, Daisuke girou o corpo em seu eixo, chicoteando a perna esquerda para o alto, logo golpeando com toda sua força o peito do infeliz da omoplata quebrada que após o golpe, deu uma pirueta forçada no ar e caiu de mau jeito, num alto gemido de dor. Só então o genin retomou a posição de combate defensiva, mas era tarde demais. Um dos porretes conseguiu atingi-lo nas costas, derrubando-o com muitas dores no chão. Recuperando-se rapidamente, o jovem se levantou e percebeu surpreso que já estava cercado pelos outros três. "Merda." - Pensou o ninja. Respirando fundo, ele rodopiou o bastão com toda força, obrigando os bandidos a se afastarem o suficiente para que ele aprumasse o corpo numa posição defensiva. Concentrando-se em todos os sentidos, ele calculou a ansiedade dos três inimigos e pensou estrategicamente em qual deles tomaria a iniciativa. Não demorou muito até ter a confirmação do que desconfiava.

Logo, os dois bandidos traiçoeiros que se posicionaram atrás dele atacarem primeiro. Um deles trazia com uma faca e o outro empunhava um ancinho. Rapidamente Daisuke se inclinou e aparou o ataque da faca, agarrando com toda força o punho do bandido com a mão livre. Torcendo-o ao mesmo tempo em que se inclinava para trás, ele se esquivava com agilidade do golpe lateral do outro bandido, fugindo da trajetória do ancinho, vendo-a passar tão perto de seu rosto que sentiu um filete de sangue escorrer da parte de cima de seu nariz. Então, após a passagem da lâmina, o elemento se afastou, dando tempo ao genin para elevar o joelho com toda força contra o cotovelo do indefeso bandido, fazendo estalar a junta. O homem gritou de dor e deixou a faca cair, afastando-se da luta para deitar no chão com o braço fraturado. - Desgraçado! – Gritava o único homem que ainda não atacara. Parecendo furioso, ele sacou a katana numa postura que indicava habilidade. Enquanto isso, o bandido do ancinho já saltava sobre Daisuke num corte descendente, crente que o pegara desprevenido. Mantendo-se na posição, o genin juntou as mãos em rápidos selos e moldou seu chakra raiton numa barreira que protegeu seu corpo do corte. A arma estalou na cúpula energética, para a surpresa do meliante que logo sentiu o ar em sua volta se juntar num poderoso colchão de ar para repeli-lo contra o telhado.

Sagazmente, Daisuke tinha aguardado o golpe do ancinho para então perfazer outra cadeia de selos e manipular chakra fuuton para criar a armadilha. - Boa viagem. - Brincou ao desativar o escudo. Porém, por causa da distração, o jovem sentiu um doloroso rasgo nas suas costas. O bandido da katana havia se aproximado sorrateiramente, só aguardando uma oportunidade para atacar. O sangue espirrou. Aquele golpe doera bastante, fazendo-o cair de joelhos. - É o seu fim. - Gritou o bandido, jogando a espada mais uma vez contra ele. Sem tempo para esquivar, o jovem conseguiu apenas elevar o bastão para bloquear o golpe mortal. Os metais se chocaram numa faísca e os dois usavam toda força para ganhar terreno no impasse, quando Daisuke usou seu chakra para invocar uma tarja explosiva que planou lentamente até o chão. O homem arregalou os olhos e recuou num rápido salto com receio da explosão. Como previra, aquele ladrão tinha experiência ninja e reconhecera a tarja. Aliviado, o genin se apoiou no bastão e se recuperou da dor. - Você não é tão louco assim. - Concluiu o bandido, não acreditando que o inimigo pudesse explodir os dois, avançando com a katana em punho. Rapidamente Daisuke invocou três kunais e os arremessou com toda força. O bandido bloqueou as lâminas com vários giros da espada quando olhou para o genin que acabava de realizar outra cadência de selos, enviando-lhe chakra ao cérebro num genjutsu matreiro.

Sem perceber que agora via tudo invertido, o bandido golpeou o vazio quando Daisuke inclinou o corpo para esquerda. Elevando a perna num rápido chute lateral contra a têmpora do bandido que só percebeu que estava se defendendo pelo lado errado quando o jovem o atingiu com toda força na têmpora do lado direito. O estalo foi alto o suficiente para ecoar na residência, derrubando o último bandido na mesma hora. A batalha tinha terminado. Neste momento, o genin ouviu a aproximação de duas pessoas por cima do muro. Ansioso, ele rodopiou e se pôs em posição de combate quando viu que se tratava de dois chunnins de Suna que atravessam os muros e fizeram uma careta, tentando entender o que tinha acontecido naquela bagunça generalizada. - Espero que eles tenham um bom plano de saúde. - Comentou antes de cair inconsciente por causa da perda de sangue.


FIM
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tio Tsu

Administrador | Outras Vilas
Administrador | Outras Vilas


Sexo : Masculino
Idade : 20
Localização : Nárnia, where unicorns tend to live!
Número de Mensagens : 5773

Registo Ninja
Nome: Katsu Imagawa
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 563
Total de Habilitações: 717

MensagemAssunto: Re: [Treino] Problema na Vizinhança   Sex 5 Set 2014 - 11:44

Avaliação de Paraplégico (Rir=Inferno):

HN:
Ninjutsu: 42+0,5=42,5
Taijutsu: 60,25+0,5=60,75
Kenjutsu: 59,25+0,75=60
Genjutsu: 4,75+0,25=5
Selos: 27,25+0,5=27,75
Trabalho de Equipa: 5,5

HC:
Força: 68+0,75=68,75
Agilidade: 77,5+0,5=78
Controlo de Chakra: 86,5+0,75=87,25
Raciocínio: 15,75
Constituição: 71,5+0,5=72

Total avaliado: 5/5
Total de Habs.: 518,25+5=523,25
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.narutoportugalrpg.com/rpg_sheet_edit.forum?tid=12c1c6
 
[Treino] Problema na Vizinhança
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Sunagakure :: Treinos-
'); }