Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 T29 - O Templo dos Macacos II

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
BigBoss

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha


Sexo : Masculino
Idade : 20
Número de Mensagens : 1657

Registo Ninja
Nome: Kride Uchiha
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 296,5
Total de Habilitações: 291,25

MensagemAssunto: T29 - O Templo dos Macacos II   Seg 10 Nov 2014 - 1:53

“A missão é a seguinte: Terás de entrar no templo dos lutadores macacos e vencer o seu mestre, Sen Goku! O templo é habitado por todos os seguidores do Caminho do Macaco, e não deixarão que qualquer um se aproxime do seu mestre.”


Entrava pelo portão depois de derrotar os dois porteiros do mesmo. Uma pequena multidão de lutadores do templo se aproximavam, depois da grande explosão que abrira o portão do templo. Tal como os porteiros, eram altos e musculados, e com um ar e postura típica do animal que seguiam, o Macaco. Tinham um ar de confusão expresso nos seus rostos.
- Que vem a ser isto? - perguntou um entre eles.
- Venho desafiar o vosso mestre para um combate - respondi - Tentei vir a bem, mas os vossos colegas não foram muito cooperativos. Espero que vocês tenham bom senso - o macaco que falara antes, mostrava ira no seu rosto, ao ouvir-me.
- Terás de passar por nós para lutares com o Mestre! - gritou.
Um grupo de oito entrava em formação de batalha, juntamente com o macaco que falara antes, dando a aparência de ser o seu líder, formando uma equipa de nove lutadores. São demasiados, tenho de arranjar alguma forma de evitar lutar com todos ao mesmo tempo, pensava, enquanto examinava a arquitetura do interior do templo. Haviam vários pilares que suportavam o andar superior, ao longo do corredor principal. O que seria do templo se alguém se lembrasse deitar os pilares abaixo?, perguntei a mim mesmo, sorrindo com alguma malícia.
Enviei chakra até aos pulsos e em cada mão surgiram três kunais de ponta tripla, com papéis explosivos atados às mesmas. Enviei-as contra três pilares em série e paralelos de cada lado do corredor principal, forçando o grupo de lutadores a quebrarem a formação e unirem-se mais ao centro do corredor, evitando as explosões, que causaram alguns danos estruturais nos pilares que haviam atingido. O templo pareceu estremecer durante uns segundos, dando a entender que ia ceder, mas depois parou e nada aconteceu.
Os macacos gritaram furiosamente e correram até mim. Ainda com o meu plano inicial, corri até eles, para que estes não se afastassem demasiado do centro do edifício, enquanto executava alguns selos e libertava chakra, direcionando-o até aos meus olhos. Olhei em frente, procurando os olhos dos meus adversários e três deles cometeram o erro de me fitar directamente. Aproveitei o instante para projectar esse mesmo chakra até aos seus cérebros. A sua visão ganhou uma tonalidade negativa e vários portais em vortéx surgiram, emanando a sensação de sucção até aos mesmos, forçando os a recuar. Excelente! Com um movimento rápido surgi atrás deles, já criando selos na mão esquerda e enviando chakra até à mão direita. Uma enorme lança de electricidade se formou da palma da minha mão e com um suave movimento do braço, cortei a base de um dos pilares já danificados. Rodopiei sobre mim e voltei a enviar chakra até à palma da mão, estendendo o comprimento da lança e cortei a base do pilar paralelo. Afastei-me com um movimento rápido do corpo, para a extremidades da área, encostando-me a uma das paredes. Os pilares, ao terem a sua ligação ao solo cortada, fizeram todo o edifício tremer novamente, e com o seu grande peso, cederam e caíram, trazendo consigo parte do tecto, soterrando seis dos lutadores macacos. Apenas o líder e outros dois permaneciam. Gritaram, batendo com os punhos cerrados sobre o peito, cada um deles e vieram a alta velocidade contra mim, cercando-me contra a parede. Corri e saltei por cima de um deles, com uma pirueta no ar, mas este não se surpreendeu com a minha agilidade e rodopiou e acertou-me com um fortíssimo pontapé nas costas, que me enviou a voar até um outro pilar, quebrando-o ao meio com a força do pontapé. Todo o meu corpo me doía, dada brutalidade do golpe e o impacto contra o pilar maciço de pedra. Um pequeno crack, fez-se ouvir e outro pedaço do tecto caiu. Ainda deitado no chão, e sem me recompor, fui mais uma vez cumprimentado pela dor, desta vez com sedimentos de pedra a caírem sobre as minhas costas. Forcei os meus braços para me levantar, afastando os escombros. Inspirei fundo, tentando recompor-me da dor e expirei seguidamente.
Corri, então, na direcção dos meus adversários, direcionando chakra para a ponta dos dedos e libertando um monte de corvos dos mesmos que lhes ofuscaram a visão, esvoaçando em volta deles. Observando o seu chakra por de trás dos corvos, alinhei-me com os dois lutadores que acompanhavam o líder. Inspirei profundamente, e comecei a aglomerar chakra nos pulmões. Com uma rápida sequência de selos, moldei o chakra e alterei a sua natureza, enquanto o começava a cuspir. Uma bola de fogo enorme se soltou, e rapidamente, eu lhe injectava mais energia, criando uma gigante bola de fogo que os atingiu a ambos e atravessou a parede do templo, criando um buraco na mesma. Os corvos disspiram-se com a enorme bola de fogo e apenas o líder do grupo sobrava, ligeiramente queimado pelo calor que era emanado da minha técnica anterior.
- Não vais chegar ao Mestre Sen Goku! - rugiu, enquanto se aproximava a uma altíssima velocidade.
Recebi um soco em cheio na cara e voei para trás, sendo que este rapidamente surgiu atrás de mim e pontapeou-me de volta para o mesmo lugar, onde voltou a surgir e me tacou contra o chão. Senti o meu corpo a afundar no chão, enquanto este se contraía e me forçava a expulsar sangue, ao tossir. Estava incrivelmente zonzo dos ataques, e a minha visão ficara meio turva. Mas o macaco não se tinha dado por satisfeito. Ainda no chão, senti o seu forte murro a voltar, quando este voltou a enterrar o seu punho cerrado na minha cara, forçando-a mais contra o chão e depois atingindo-me com a outra no estômago. Incapaz de controlar o meu corpo, limitei-me a levar os golpes, com sangue a volta a escorrer-me pela boca e com grunhidos abafados de dor. Ele continuou ali, esmurrando e esmurrando, batendo e por fim espezinhando. Quando este havia acabado, pouco do meu corpo sentia. Por fim, levantou-se e começou a caminhar na direcção oposta, virando-me as costas.
A minha respiração era trémula e pesada. Olhei em volta, vendo a falha que havia criado no tecto. Estendi os braços e pude sentir o chão com as minhas mão, e comecei a tentar puxar-me de maneira a levantar-me. Com toda a minha força, comecei a erguer-me, até ficar sentado no chão. O meu rosto era vermelho, pintado de sangue que ainda pingava. Contraía o corpo para aguentar a dor e fui tentando levantar-me. Por fim estava de pé. Libertei algum chakra, com algum custo, e criei dois clones das sombras, feitos de corvos. Estes lançaram lhe duas cordas cada um, atando-lhe os membros.
- Hey! Eu ainda não acabei contigo! - gritei-lhe.
Os meus clones aproveitaram o momento e já haviam concentrado o chakra suficiente para lançarem, cada um, um dragão de fogo que se dividiu por cada uma das cordas que seguravam, e as consumiu rapidamente, até atingir o macaco líder. Este, incapaz de se livrar das cordas, acabou por sofrer graves queimaduras nos seus membros superiores e inferiores.
Mas ainda não era o suficiente, este voltou-se para mim e preparou uma nova investida.
- Mas tu ainda não morreste!? - gritou.
- Aparentemente...
Libertei algum chakra e comecei a foca-lo na palma da mão. Rapidamente surgiu uma massa de raios na minha mão. Ele é mais rápido do que eu, não vou consegui conduzir o Chidori até ele, dizia a mim próprio, enquanto procurava por uma maneira de o vencer. Mas posso utilizar a velocidade dele a meu favor. Esperei então a sua investida e este, com esperado, veio a uma incrível velocidade. No momento certo, afastei-me e estiquei o braço que carregava a eletricidade e espetei-lhe com o chidori no torso. O raio perfurou-o e libertou a sua energia, dando resultado numa pequena explosão de sangue. O lutador macaco caiu a alta velocidade e rebolou pelo chão, deixando um rasto vermelho descontínuo atrás de si.
- Eu venço esta - anunciei.
- Ainda não - grunhiu o macacóide, levantando-se, apesar do seu grave ferimento.
- Lutaste bem, mas eu não tenho tempo para isto - disse-lhe.
Juntei as mãos e mais uma vez, deixei o chakra fluir até me encher os pulmões, perfazendo alguns selos. Enquanto este se aproximava para outro golpe, agora a uma velocidade bem menor, dado o seu estado, expeli uma nuvem de cinzas ardentes contra o mesmo, deixando-o a sofrer queimaduras. Virei as costas e comecei a caminhar até às escadas para o andar seguinte e a meio caminho, bati os dentes inferiores com o superiores e as cinzas explodiram, acabando com ele. Continuei a minha jornada no Templo dos Macacos, e subi até ao segundo andar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
BigBoss

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha


Sexo : Masculino
Idade : 20
Número de Mensagens : 1657

Registo Ninja
Nome: Kride Uchiha
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 296,5
Total de Habilitações: 291,25

MensagemAssunto: Re: T29 - O Templo dos Macacos II   Qua 12 Nov 2014 - 14:43

Bump!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bruno Moraes

Administrador | Iwa
Administrador | Iwa


Sexo : Masculino
Idade : 28
Localização : Em algum lugar de lugar nenhum
Número de Mensagens : 3430

Registo Ninja
Nome: Kyo Kusanagi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 14350
Total de Habilitações: 733,75

MensagemAssunto: Re: T29 - O Templo dos Macacos II   Qua 12 Nov 2014 - 21:31

Reservo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bruno Moraes

Administrador | Iwa
Administrador | Iwa


Sexo : Masculino
Idade : 28
Localização : Em algum lugar de lugar nenhum
Número de Mensagens : 3430

Registo Ninja
Nome: Kyo Kusanagi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 14350
Total de Habilitações: 733,75

MensagemAssunto: Re: T29 - O Templo dos Macacos II   Qui 13 Nov 2014 - 21:26

Avaliação de Kride:

H.N

Ninjutsu: 46,25 + 1,25 = 47,5
Taijutsu: 15,5
Kenjutsu: 23 + 0,25 = 23,25
Genjutsu: 23,25 + 0,25 = 23,5
Selos: 30,5 +0,75 = 31,25
Trabalho em Equipa: 3

H.C

Força: 7,75
Agilidade: 22,25 +0,25 = 22,5
Controlo de Chakra: 48,5 + 1,25 = 49,75
Raciocínio: 9,75 + 0,25 = 10
Constituição: 25,5 + + 0,75 = 26,25

Avaliação: 5/5

Total de Habilitações: 265,5 + 5 = 270,5
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
T29 - O Templo dos Macacos II
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Konohagakure :: Treinos-
'); }