Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 [Filler 45] - Um vislumbre do mecânismo do CS

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Dark_Akira

Administrador | Kiri
Administrador | Kiri


Sexo : Masculino
Idade : 20
Localização : Mafra
Número de Mensagens : 1524

Registo Ninja
Nome: Zehel Matsuri
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 5225
Total de Habilitações: 359

MensagemAssunto: [Filler 45] - Um vislumbre do mecânismo do CS    Qua 5 Ago 2015 - 22:24

Uma brisa quente arrancava pedaços de pele seca ao jovem de kirigakure, expondo assim a pele regenerada por baixo da queimadura. Caminhava calmamente por baixo da sombra intermitente das palmeiras frondosas. A seu lado o tio de ykarus falava lhe das bases necessárias para dominar o cursed seal.

- O primeiro passo é conseguires limpar completamente a tua mente, não deixares nenhum pensamento perturbar-te, caso percas a concentração o teu lado negro irá aproveitar-se dessa recaída. - explicava Bengal.

- Então o domínio da meditação é o primeiro passo para o controlo do selo. - referia o rapaz confortável com a ideia, ele estava habituado a meditar nos seus treinos pelo que não seria o passo mais complicado.

- O que vem a seguir é que dificulta mais as coisas, tens de entender o quê te rodeia,  perceber e aceitar tudo o que está ao teu redor e deixar que te pertença, tens de conseguir absorver a energia que te envolve. - continuou o homem alto a sua explicação.

Zehel já tinha ouvido falar de algo parecido em aulas sobre tipos de chakra. Era uma terceira forma de energia que podia ser absorvida, a energia recebida da atmosfera e da terra.
Entretanto o homem tinha chegado a um local do oásis que se situava perto da beira de um lago e rodeado por palmeiras altas que cortavam os raios fortes de sol. Colocando-se no centro do local, colocou-se em silêncio sentado de pernas cruzadas iniciando a sua meditação. A subtileza e suavidade dos movimentos de Bengal-san demonstravam muitos anos de treino, rapidamente caiu numa meditação profunda, unindo-se com todas as coisas ao seu redor.
O kiri-nin tentou copiar o homem, sentando-se de maneira igual e mantendo as costas bem direitas. Controlando a sua respiração limpava a sua mente de todas as coisas mundanas, procurando a sua paz interior e conseguir sentir a energia que o rodeava. Passaram cerca de 20 minutos assim sentados, 20 minutos inúteis para o chunnin pois não conseguiu sequer alcançar um bocado da energia que o rodeava, de tantas formas que testou alcançar e aperceber-se da energia em seu redor, nenhuma delas se revelou eficaz em detectar a misteriosa força presente no ar circundante.

- Vou supor que não sentiste nada de novo neste tempo de meditação. - declarou correctamente Bengal.

- É-me impossível de encontrar algo se não sei o que procuro. - respondeu o kiri-nin desagradado com o comentário do professor.

- Pois é ai que estás enganado, tu sabes o que procurar, desculpas o teu insucesso tentando convertê-lo num fracasso menor. - ripostou o homem levantando-se. - Hoje é só o primeiro dia, não estava à espera de grande desenvolvimento. Caminha comigo.

Zehel levantou-se da sua posição e começou a caminhar ao lado do homem vestido de branco, a sua pele bronzeada pelos longos anos de exposição ao sol produziam um contras-te engraçado com o tipo de vestimenta que sempre trazia. Ao longo de toda a manhã passearam, Bengal-san mostrava onde se localizavam as zonas principais  do oásis, os banhos públicos, os restaurantes de comidas exóticas e desconhecidas a Zehel, a biblioteca e os vários locais de cultura. Pelo caminho o tio de Ykarus ia explicando inúmeras coisas que ajudavam a compreensão e sucesso do treino, o cursed seal actuava ao absorver passivamente o chakra natural que existia em redor do shinobi, por isso era tão destrutivo para o corpo. O bom domínio do cursed seal exigia o mínimo de conhecimento sobre o chakra natural de modo a conseguir compreender o que se passa e a sanidade não ser perdida.

- Basicamente a ação do enzima aliáda à entrada de chakra natural causa perturbações ao nível comportamental da pessoa, modificando a sua personalidade. Isto é bastante facilitado pela ignorância do corpo acerca do que está a acontecer, o que faz florescer uma personalidade cultivada do medo e incompreensão e daí surgem as personalidades mais perversas e destrutivas. Uma vez que a pessoa saiba o que se passa quando activa o seu cursed seal a pessoa consegue firmar melhor o seu ser verdadeiro, evitando a saída do ser perverso. - explicava então o homem ao pormenor o que se passava com aqueles que eram possuídos pelo cursed seal.

No ar pairou um cheiro doce de especiarias e carne grelhada, atraindo aqueles que estavam na rua. Zehel e Bengal não foram excepção, passaram a manha inteira a caminhar sem parar para comer. Decidiram então ir almoçar naquele restaurante e continuariam o treino depois dessa pausa.

Já satisfeitos e descansados, partiram os dois para um local afastado da vila protegida no oásis. Longe de toda a civilização abrigaram-se debaixo de um grande pano branco que havia sido estendido de modo tapar o sol.

- A segunda parte do treino é fácil, irás tentar entrar suavemente no segundo estado do cursed seal e vais tentar controlar a mente. - falou o homem mantendo-se imóvel em frente ao rapaz.

O chunnin baixou-se retirando a camisola que trazia consigo para conseguir ter uma referencia visual do avanço do seu selo, sentando-se no chão de pernas cruzadas olhou o pulso direito focando a sua atenção na tatuagem preta que marcava a sua pele. O brilho da tatuagem estendeu-se pela sua pele desenhando padrões tribais por todo o seu corpo enquanto lhe espalhava o chakra maligno. Zehel já estava habituado àquele nível do selo, pelo que resistia bem à dor que este lhe provocava. No entanto devido a toda a conversa com o tio de Ykarus, ele começou a aperceber-se do que se tratava o selo, embora muito ténue conseguia sentir algo a entrar passivamente nele, algo que lhe causava a dor, era como se as linhas negras que se espalhavam pela sua pele fossem fendas que deixavam a energia do exterior penetrar no seu corpo.

- Vamos, agora tenta progredir para o segundo nível. - encorajou Bengal-san.

Acenando afirmativamente, concentrou-se mais para deixar o seu selo fluir. As linhas que lhe cobriam o braço direito começaram a engrossar à medida que ele se focava em entrar no segundo estado do selo. O efeito do engrossamento das linhas era massivo, a dor começava a toldar-lhe o cérebro e ele tentava com todas as suas forças cair no abismo da insanidade. Os seus dedos da mão direita começavam a alongar-se e a tomar a forma do segundo nível, pretos e afiados como facas, porém o jovem não estava a ser bem sucedido, a sua mente estava prestes a quebrar por completo. Respirando fortemente, tensionava todos os seus músculos tentando resistir à dor e à insanidade que o estavam a invadir.
Bengal assistia calmo mas preparado para intervir, o rapaz já tinha conseguido libertar o selo até ao cotovelo do braço direito, mas estava em grande esforço para manter a sanidade. Num instante o corpo de Zehel contorceu-se e a pele escura cobriu totalmente o braço dele, propagando-se como uma praga, um urro baixo saiu da garganta do jovem e os seus olhos abriram-se num olhar animalesco revelando as suas pupilas ovais e alongadas, rodeadas pelo azul frio da íris.
Zehel tinha perdido a batalha...

Com um movimento rápido o homem bronzeado colocou uma mão firme na cabeça do amaldiçoado insano, obrigando-o a manter-se sentado e concentrando o seu chakra enterrou os seus dedos na barriga de Zehel selando-lhe o chakra que corria no corpo. Caindo para trás, o chunin ficou inconsciente deitado na areia escaldante do deserto de Suna.

- Temos muito trabalho pela frente... nem um braço ficou completo.- suspirou Bengal ao ver que iria ter muito trabalho pela frente com o shinobi.

~Continua~
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tio Tsu

Administrador | Outras Vilas
Administrador | Outras Vilas


Sexo : Masculino
Idade : 20
Localização : Nárnia, where unicorns tend to live!
Número de Mensagens : 5773

Registo Ninja
Nome: Katsu Imagawa
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 563
Total de Habilitações: 717

MensagemAssunto: Re: [Filler 45] - Um vislumbre do mecânismo do CS    Seg 17 Ago 2015 - 17:19

Não há muito que comentar, mas gosto como te tens focado neste processo de desenvolvimento do CS. E também gosto das explicações que vais criando para justificar certos aspetos sobre o CS em si (como o corpo não reconhecer o poder do CS, teme-o e isso cria as personalidades perversas).

Fico à espera para ver mais, e também para ver o Zé full-power. Continua ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.narutoportugalrpg.com/rpg_sheet_edit.forum?tid=12c1c6
Dark_Akira

Administrador | Kiri
Administrador | Kiri


Sexo : Masculino
Idade : 20
Localização : Mafra
Número de Mensagens : 1524

Registo Ninja
Nome: Zehel Matsuri
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 5225
Total de Habilitações: 359

MensagemAssunto: Re: [Filler 45] - Um vislumbre do mecânismo do CS    Seg 17 Ago 2015 - 17:27

Yey, thank you for your time. 

Ahaha sim ele tem de aprender qual o mecanismo do cursed seal, mas agora estou num impasse de sentir que o proximo filler vai ser um pouco mais do mesmo, queria ver se hoje o acabava para despachar isto ahaha.


Thank you
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Filler 45] - Um vislumbre do mecânismo do CS
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Kirigakure :: Fillers-
'); }