Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 [OVA - Por onde andei...] 1 - Interior do País do Fogo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Eve

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha


Sexo : Feminino
Idade : 24
Localização : Hellcife
Número de Mensagens : 3002

Registo Ninja
Nome: Nara Tora
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 6885
Total de Habilitações: 267,75

MensagemAssunto: [OVA - Por onde andei...] 1 - Interior do País do Fogo   Sab 5 Dez 2015 - 21:23

Saga "Por onde andei" - OVAs de Nara Tora nos anos que esteve fora de Konoha







- Tora, preste atenção! – foram as últimas palavras que a chuunin ouviu, antes de ser nocauteada por duas balas de ar que o ex-ANBU havia criado, que acertaram-lhe violentamente a cabeça.
 
Três dias já haviam se passado desde o fatídico treino. O remorso atingira Raiden de forma violenta, tirando-lhe o apetite. Ele já cogitava voltar à Konoha, esperando ser preso ou algo do gênero, quando notou que a garota remexia-se na cama. Aproximou-se, tocando-lhe a testa, percebendo que queimava em febre. Correu a umedecer uma toalha com água fria, colocando-a em seguida na fronte. Abriu um largo sorriso quando percebeu que podia ver os verdes olhos de sua pupila:
 
- Que susto Tora! – suspirava aliviado.
 
- Tora? Quem é Tora? – ela perguntava, arqueando a sobrancelha direita.
 
- Como assim?! – ele começava a ficar realmente preocupado.
 
- Ahahahahahaha – a kunoichi caía numa gargalhada sem fim. – Devias dar uma olhada no espelho, Raiden-senpai... – ela divertia-se. – Eu devia fingir por mais tempo ahahahaha – ela ainda ria-se, embora não estivesse totalmente bem.
 
-x-
 
O vilarejo era bastante bonito. Tinha um ar rústico, tanto o lugar quanto as pessoas – que apesar de amistosas, ficavam visivelmente desconfortáveis na presença de forasteiros. Em relação a Tora, havia uma atmosfera maior de curiosidade, que parecia hipnotizar os garotos com seu verdes olhos e cabelos azuis, enquanto os mais velhos ficavam apreensivos com tanta beleza exótica.
 
A Nara já havia recuperado-se do último treino. Não era como se nunca tivesse machucado-se, embora nunca tivesse passado três dias inconsciente. Raiden tinha ido comprar algumas coisas para a última semana que iam lá ficar (já que tinha planos de ir para outro sítio), então deixou-a treinando sozinha com suas kunais em alvos demarcados. Ela estava bastante entretida, porém sua atenção também concentrava-se ao redor – e não fora difícil perceber que não estava a sós.
 
O chakra não era conhecido. Parecia ser bem poderoso, o que a fez estremecer. Munindo-se com as armas do treino, armou-se numa postura ofensiva. Pôde ouvir uma sarcástica e cruel gargalhada, milésimos de segundos antes de uma sombra aparecer de nenhures atrás de si. Com toda a velocidade que conseguia ter, tentou desferir um golpe contra o borrão que vira, mas apanhara apenas o ar, quase tropeçando em seus próprios pés. Recuperou o equilíbrio com graça, e antes que pudesse esboçar qualquer outro movimento, uma mão segurava-lhe a cabeça, transmitindo-lhe alta carga de chakra, forçando um desmaio. As kunais que segurava caíam de suas mãos, e enquanto tilintavam quando encontravam-se com o solo, a jovem sumia mais velozmente que o vento que chacoalhava as árvores.
 
-x-


Citação :
Quando abri os olhos, eu não reconheci o lugar. Parecia que apenas tinha piscado, mas tudo indicava que estive um tempo considerável inconsciente. Mal meu sistema nervoso tinha domínio, pus-me na defensiva, levantando-me de um pulo e observando o local ao meu redor. Era um quarto simples, contendo apenas uma cama e uma cadeira. Não possuía iluminação, mas não me era empecilho para ver o que tinha ali. Nem o homem um pouco robusto, com uma ligeira calvície por entre majestosos fios... azulados:
 
- Oh, então acordaste, pequena! – ele dizia calmamente, sem mostrar seu rosto. – Olá, Amaya-chan.
 
- Não me chamo Amaya. Chamo-me – tentei dizer, quando interrompida pela presença.
 
- Tsc, Tora. Isto nem mesmo é o nome de uma garota... – ele falava em tom de deboche. – Jamais irei te tratar por um nome tão asqueroso
 
- Asquerosa é a sua pessoa – agora era eu quem interrompia, enervada pelo insulto ao meu nome.
 
- Vejo que és bem como a tua mãe. Ah, Sayo teria tido tanto orgulho – ele tentou aproximar-se de mim, mas instintivamente esquivei-me. - Ahahahahaha gosto deste teu espírito! És mesmo como tua mãe – ele ria-se, de uma forma que causava-me ânsia.
 
- O que queres de mim? – perguntei, tentando manter-me o mais longe possível.
 
- Ora, não me venhas com essas perguntas. Tsuki já deu com a língua nos dentes. Parece que mesmo inconsciente, sempre vens para os meus braços... Laços de sangue são realmente formidáveis! – ele discursava com ar insano. – Eu finalmente estou perto de conseguir um importante feito, e para tal, você é peça fundamental... – ele parecia tirar um estojo de dentro do sobretudo negro que trajava.
 
Então, antes que pudesse pensar em qualquer coisa, senti uma picada em meu braço, e mesmo tentando esboçar alguma reação, eu simplesmente não conseguia... Percebi então que estava presa num genjutsu, em que minha mente estava desperta, mas não conseguia mandar sinais para meus músculos. Ele aninhou-me nos seus braços e disse em tom paternal para eu não me preocupar, que eu voltaria para onde estava. Antes de nova carga de chakra, que levou-me ao desmaio, pude ouvi-lo:
 
- Espero que o sangue da minha filha possa ser-te de alguma utilidade. Mas para tal, precisarei mesmo do material da kirinin. Em vez de brincar como andas fazendo, trata de trazer-me nem que seja um fio de cabelo da ...ima para que... vou então... para testar a ...lidade – as frases começavam a desvanecer e perder o sentido para mim.
 
E então estava de volta ao campo de onde tinha sido levada. Não parecia que muito tempo tivesse se passado, mas vi um preocupadíssimo Raiden correr em minha direção. Ainda estava zonza com as cargas de chakra estranhas ao meu corpo, e ele amparou-me antes que eu tombasse no chão. Eu me sentia fraca e bastante desgastada, e ele, apesar de querer perseguir aquele que deixara-me em tal estado, parecia saber que não conseguiria alcançá-lo. Ouvi-o amaldiçoando-se por estar sozinho comigo, mas logo acalmara-se e colocou em seus braços, tomando o rumo da hospedaria onde estávamos – mas eu acabei adormecendo antes de lá chegar.



-x-
 


Citação :
Isto é preocupante. Bastante preocupante. Intrigante também. Até onde sei, e pelo que deduzi de resto, ele não teria motivos para libertá-la... Por quê? Por que diabos ele fez isso? Para testar sua velocidade e poder de ocultação? Não creio... Além do mais, Tora acabou por contar-me que ele colheu seu sangue, o que sugere que ele faça pesquisas. Não gosto destas “pesquisas” envolvendo linhagens, pois é impossível não lembrar do grande sannin Orochimaru. Será que estaremos vendo o nascimento de um novo levante contra a paz que reina no mundo shinobi atualmente? Realmente não gosto disso...

*come uma goiaba com avidez*


Última edição por Eve em Sab 5 Dez 2015 - 23:18, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Brian$

Administrador | Nukenin
Administrador | Nukenin


Sexo : Masculino
Idade : 23
Número de Mensagens : 1391

Registo Ninja
Nome: Dee
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 830
Total de Habilitações: 226

MensagemAssunto: Re: [OVA - Por onde andei...] 1 - Interior do País do Fogo   Sab 5 Dez 2015 - 23:09

Nossa! Quantos mistérios neste filler, me pergunto se este é o pai da Tora ou outro cientista louco (garanto que não é o Dee). Além disso, adoro a forma como detalha o ambiente a sua volta, deixa tudo mais realístico.

Continua o/
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anotherx

Administrador | Ame
Administrador | Ame


Sexo : Masculino
Idade : 20
Localização : Marinhais (Santarém)
Número de Mensagens : 1269

Registo Ninja
Nome: Sikira Eleison
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 1595
Total de Habilitações: 85

MensagemAssunto: Re: [OVA - Por onde andei...] 1 - Interior do País do Fogo   Dom 6 Dez 2015 - 17:17

Yay uma saga nova, vou poder compreender (espero) a história!

Já gosto da Tora, 3 dias a dormir e quando acorda ownou completamente o Raiden com essa partida xd

Esses quotes são flashbacks? E quanto ao fio de cabelo que ele quer, será que é da Harima? (Não conheço nada da tua história mas sei nomes de chars >.<)

A tua narrativa é boa, contínua! ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tio Tsu

Administrador | Outras Vilas
Administrador | Outras Vilas


Sexo : Masculino
Idade : 20
Localização : Nárnia, where unicorns tend to live!
Número de Mensagens : 5773

Registo Ninja
Nome: Katsu Imagawa
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 563
Total de Habilitações: 717

MensagemAssunto: Re: [OVA - Por onde andei...] 1 - Interior do País do Fogo   Qui 10 Dez 2015 - 22:14

Acho que, acima de tudo, o pormenor da goiaba a ser comida com avidez foi o que levou este Filler a outro nível. Não sei, gostei xd.

Não tenho muito que comentar. Já sabes que tens uma escrita fantástica, embora esteja um pouco enferrujada quando comparada com os teus tempos de auge :3, que a Tora é uma char fantástica e a tua história têm tudo para ser brutal. Só te falta o tempo, mas, ei, isso falta-nos a todos xd.

Continua ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.narutoportugalrpg.com/rpg_sheet_edit.forum?tid=12c1c6
 
[OVA - Por onde andei...] 1 - Interior do País do Fogo
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Konohagakure :: Fillers-
'); }