Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Filler 7

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
SP-KK

Membro | Konoha
Membro | Konoha


Sexo : Feminino
Idade : 25
Número de Mensagens : 799

Registo Ninja
Nome: Naho Kita
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 5080
Total de Habilitações: 112

MensagemAssunto: Filler 7   Ter 29 Dez 2015 - 17:29

Filler 7


Naho esperara pacientemente pela passagem do minuto que o irmão lhe exigira. Mal o tempo acabou a jovem imediatamente percorreu a rua lá em baixo com o olhar, procurando por sinais do irmão. Nada. Durante os minutos que se seguiram Naho saltou de telhado em telhado, sem encontrar qualquer rasto da presença do irmão. Durante todo esse tempo não parou de se questionar sobre o que devia fazer. Nidorai era chuunin há anos, e ela era... Bem, ela. Para além da sua visão e destreza, não tinha nada que fizesse frente ao irmão. Ele era mais experiente, mais rápido, mais esperto, e tinha todas as vantagens neste pequeno joguinho que magicara à pressão contra ela. A jovem Kita apenas podia esforçar-se por fazer o melhor possível, e cruzar os dedos na esperança de impressionar o irmão com o pouco que tinha para dar. "Não tenho mais ninguém a quem possa recorrer. É tudo ou nada."

Ainda estava envolvida no processo de saltar entre telhados quando se forçou a parar repentinamente. Era impossível não reparar. Lá estava, à distância, o extravagante chapéu de penas que o irmão lhe mostrara antes de iniciar a sua fuga. "Hm. Parece-me simples demais." Ainda assim Naho não se deu ao trabalho de pensar duas vezes. Rapidamente empunhou o seu arco, desembainhando uma flecha e preparando-se para atirar. Demorou vários segundos, esperando pela oportunidade certa para disparar: a rua estava repleta de gente, não se podia arriscar a alvejar nenhum dos transeuntes. Seguiu o chapéu com o olhar sem nunca o perder de vista, enquanto a flecha aguardava pacientemente pela sua libertação. A jovem Kita aguardou até ter um ângulo limpo... E depois disso veio o disparo.

A seta viajou a grande velocidade, embatendo certeira no chapéu e prendendo-o a uma coluna de madeira próxima. Naho não teve muito tempo para festejar, pois assim que a pessoa que usava o chapéu se virou ela pôde ver que não era o irmão, mas sim uma senhora de meia idade que, pela expressão de rosto, apanhara o susto de uma vida. A kunoichi rapidamente se deixou cair ao comprido no telhado, tentando esconder-se. Quase instantâneamente a rua lá em baixo se preencheu com ruídos de indignação, enquanto a multidão procurava o malfeitor que se atrevera a atacar tão distinta e inofensiva senhora. "Porra, porra, porra. Estúpida", pensava Naho, batendo na própria cabeça repetidamente. Mas claro que Nidorai iria puxar de um truque destes. "Idiota." Naho esgueirou-se o mais rapidamente possível para fora dali, acabando por aterrar num beco de um restaurante próximo. Fez os possíveis por fugir dali o mais discretamente possível. A última coisa que queria era ter uma multidão zangada no seu encalço.

Naho passou uma boa meia hora em busca do irmão, alternando entre o topo dos telhados e entre as ruas. "Nem sei de que é que eu estava à espera. O filho da mãe é chuunin, obviamente eu nunca o iria conseguir apanhar." Foi despertada abruptamente dos seus pensamentos assim que passou em frente a um dos poucos restaurantes que estavam abertos àquela hora. Não havia nada de especial neste, era provavelmente uma das muitas casas de ramen que existiam espalhadas pela vila. E ainda assim... Sentia ali uma certa familiaridade de que não conseguia fugir. Debatia-se entre seguir o seu instinto e entrar, ou contnuar a sua busca. Até à data o seu instinto nunca lhe havia falhado, por isso... Decidiu entrar. Ao dar entrada no restaurante, foi a primeira coisa que viu: Nidorai, virado de costas para a entrada, com uma enorme malga fumegante à frente e uma maçã na cabeça. Provavelmente seria esta última o motivo pelo qual os poucos clientes que lá se encontravam olhavam para ele com desconfiança. Naho aproximou-se sem cermónias e deu uma leve pancada seca na maçã, inadvertidamente fazendo com que esta caísse na malga.

-Deves-me uma dose de ramen. - Afirmou imediatamente Nidorai sem sequer olhar para a irmã, continuando a sua refeição como se nada tivesse acontecido.

-E tu uma dose de treinos. - Retorquiu Naho, vendo o irmão sorver uma porção de noodles. A maçã ainda estava na malga. "Só espero que tenhas lavado isso."

-Quase matavas de susto uma mulherzinha lá fora. Achas mesmo que mereces treinos? - O irmão da jovem Kita fazia um esforço por não se rir, mas as suas emoções transpareceram na sua voz. Naho não estava surpreendida. Claro que ele se esconderia num local próximo para observar o seu trabalho em acção. Claro.

-Em minha defesa, tens muito em comum com uma mulher de meia idade. - As esperanças de Naho começavam a esmorecer. Começava a questionar-se se tudo isto não teria sido só um passa tempo para o seu irmão, iniciado já com o intuito de não a ajudar independentemente do resultado. - Sim, foi um erro da minha parte. Mas encontrei-te, não encontrei? É quase como se tivesse conseguido.

-Ninguém dá medalhas a alguém por "quase conseguir" fazer algo. - Respondeu o irmão, encolhendo os ombros.

-Dão sim. Chamam-se medalhas de prata.

-Tens a mania que és muito espertinha, tu. - Brincou Nidorai por entre um sorriso matreiro, puxando a irmã para si e despenteando-lhe o cabelo. Manteve o seu olhar preso nela enquanto a rapariga tentava impôr alguma ordem ao seu cabelo, observando-a com uma sobrancelha erguida. - Mas por muito espertinha que sejas, és uma péssima mentirosa.

Naho ergueu o seu olhar para encontrar o do irmão, fazendo-se de desentendida.

-Escusas de fazer essa cara de menina inocente. - O rapaz deu-lhe um piparote na testa, fazendo a irmã dar um pequeno saltinho na cadeira devido à surpresa. - Não acreditei nem por um minuto nas desculpas que me deste para o porquê de precisares da minha ajuda. E deste-me muitas: coisa que normalmente não fazes. Queres que eu te treine? Óptimo, eu treino. Mas exijo que sejas honesta comigo.

-É complicado, Nidorai. - Naho desviou o seu olhar do do irmão imediatamente, fixando antes as suas mãos. Sabia que não havia ninguém no mundo em quem pudesse confiar mais do que na sua família. Ainda assim sentia medo. Medo do que poderia acontecer se contasse a verdade. Nidorai acreditaria nela, sem sombra de dúvidas. Tal como os outros irmãos e os seus pais. E depois? Mesmo que conseguissem provar tudo o que Itari fizera (e que ela duvidava muito ser possível) em que pé ficaria ela? E a sua família? Naho não queria arrastar o nome da sua famíla pela lama, nem fazê-los passar por esta vergonha. Quando finalmente respondeu ao irmão, fê-lo numa voz trémula e quase inaudível. - Não interpretes isto de modo errado. Eu confio em ti, mas não posso contar-te o que se está a passar.

-Onde é que te foste meter desta vez. - Nidorai recostou-se à cadeira, cruzando os braços e massajando a testa. Deixou-se ficar em silêncio durante algum tempo, possivelmente pesando as suas opções. - Se é assim não te vou pressionar mais. Lembra-te que nós estamos cá quando precisares.

-Eu sei. Por isso mesmo te pedi ajuda. - Naho estava disposta a implorar, se preciso fosse. - Posso não ter sido completamente honesta contigo de manhã, mas disse a verdade quando mencionei que não me imagino a pedir isto a outra pessoa que não tu.

-Eu aprecio o teu entusiasmo, mas nós não temos nada em comum. Eu não percebo nada de arcos nem de combate à distância. Tu sabes bem isso.

-Sei de tudo isso, e estou-me borrifando. - "Se tu soubesses do quanto eu preciso disto não impunhas tantos problemas", pensava a jovem. - Nidorai... 9 anos para me graduar, e nesse tempo todo não fiz mais nada para além de usar um arco. Safo-me bem sozinha nesse departamento. E honestamente, se me pedisses para deixar o arco de lado e treinar com outra coisa, fazia-o sem problemas nenhuns.

-Assim tão desesperada? - O rapaz não pôde evitar um sorriso. A irmã soava completamente maluquinha naquele momento. - Está bem. Acho que te posso dispensar alguns dos meus finais de tarde em que não tenha mais nada para fazer. Mas juízo, sim? Certifica-te de que as sessões comigo não afectam negativamente os treinos com o teu mentor.

-Descansa. Não prejudicam nem que eu tente. - Reconfortou Naho, fazendo um esforço colossal para não revirar os olhos. Logo em seguida roubou os pauzinhos do irmão e fisgou-lhe um naco de carne da malga, arrancando do rapaz várias frases zangadas de protesto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://sp-kk.deviantart.com/
JFrias10

Membro | Konoha
Membro | Konoha


Sexo : Masculino
Idade : 22
Número de Mensagens : 112

Registo Ninja
Nome: Hyuuga Kenshin
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 500
Total de Habilitações: 27,25

MensagemAssunto: Re: Filler 7   Ter 29 Dez 2015 - 18:59

Essa relação entre irmãos está a tornar-se interessante para a Naho, e aos poucos vamos conhecendo mais dela com tudo isto. Estou curioso para ver no que mais irá, ela evoluir consoante os treinos.

Estou a espera que ela venha a ser superior em algo mais do que um arco e flecha.

Estou curioso para o seguimento Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anotherx

Administrador | Ame
Administrador | Ame


Sexo : Masculino
Idade : 20
Localização : Marinhais (Santarém)
Número de Mensagens : 1269

Registo Ninja
Nome: Sikira Eleison
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 1595
Total de Habilitações: 85

MensagemAssunto: Re: Filler 7   Dom 3 Jan 2016 - 1:30

Me likey! Os teus textos dão a impressão de que ser um genin que graduou aos aos 20 anos é fácil de interpretar D:

Gostei bastante da reflexão dela sobre o Itari neste filler... idk, foi subtil mas finalmente entendi a opinião e preocupação dela sobre ele ;-;

A maneira que eu imaginei ela a snipar o chapéu da senhora foi hilariante e o Nidorai esteve completamente badass, quero ver mais disso!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shibiusa

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha


Sexo : Feminino
Idade : 25
Localização : Jardim à beira-mar plantado
Número de Mensagens : 3561

Registo Ninja
Nome: Ayame Midori
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 5470
Total de Habilitações: 228,5

MensagemAssunto: Re: Filler 7   Seg 8 Fev 2016 - 20:07

Este é capaz de ser dos teus melhores fillers, sendo honesta. Tipo... É cute (family-style), é funny, é straight-forward. E epá, eu gosto mesmo do amor de irmãos. Tanto que também tenho na minha história xd

Mas fiquei um bocado naquela do porquê de ela não ter contado ao Nidorai... Eu diria que ele compreenderia e não ia contar à família toda. Ia ser tipo "let's do the right thing" sem que ficassem mal. Ainda para mais, com o Hokage que se tem, era explicarem a situação e tudo iria ficar igual. De certeza que a Naho continuava gennin xd Mas that would be too easy, suponho! xd

Vá, vou ler o próximo o/
Voltar ao Topo Ir em baixo
SP-KK

Membro | Konoha
Membro | Konoha


Sexo : Feminino
Idade : 25
Número de Mensagens : 799

Registo Ninja
Nome: Naho Kita
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 5080
Total de Habilitações: 112

MensagemAssunto: Re: Filler 7   Seg 8 Fev 2016 - 20:14

Não é tanto pelo medo de a coisa não se resolver, é mais pelo medo do que pode acontecer à família, e da reacção deles. Dá um desconto à moça, ela não é muito esperta : P
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://sp-kk.deviantart.com/
 
Filler 7
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Konohagakure :: Fillers-
'); }