Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 O véu do esquecimento — Filler 2.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Malkuth

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin


Sexo : Masculino
Idade : 18
Número de Mensagens : 259

Registo Ninja
Nome: Ikki Kaguya
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: O véu do esquecimento — Filler 2.   Seg 22 Fev 2016 - 18:48

O início de fim de ano era uma época sempre muito agitada, e naquela vez não estava sendo diferente, principalmente para Tolkien que fazia parte dos alunos que tentariam a façanha de passar no teste Genin. Além das preparações para as festividades em si, era hora de revisar todo o conteúdo que lhe fora passado através dos tempos, afinal, os testes finais estavam próximos. Ele se saía muito bem em quase todas as artes ninjas, exceto quando o assunto era Genjutsu. Um problema, contudo, que ele pensava em lidar no futuro.

A conversa com o seu pai ainda latejava em sua mente, um pouco atordoada com todo aquele clima, entretanto.

Sua mãe entrou às pressas na cozinha enquanto ele tomava café da manhã, Helena era uma mulher com quase trinta anos, tinha uma longa cabeleira ondulada e branca por natureza, uma pele quase angelical e olhos intensamente azuis. — Achei que tu já tinhas ido — Ela suspirou aliviada. — Reuel chega hoje, no fim da tarde. Pensei que tu fosse gostar de saber, ele pode te ajudar com o treinamento para o tal teste que tu vais realizar no fim da semana.
— Ah sim, já sei disso. Ele já tinha me dito antes mesmo de partir para a missão. Nem se preocupa! — Reuel era um jovem de dezessete anos que já manifestava características geniais para um rapaz de sua idade, por isso e por outros motivos rapidamente se tornou membro dos Oinin; um grupo que caçava ninjas renegados através de técnicas de conhecimento anatômico tão avançadas quanto as usadas pelos médicos da vila. — Essa tarefa parece ter sido muito bem calculada para ele já ter estimado uma data de volta, espero que ele retorne ileso...— E nisso ela desapareceu pela porta da cozinha falando sozinha.

Tolkien comera mais alguns pedaços de bolo de abóbora e bebericara mais alguma quantia de café quente, em seguida saíra de casa partindo em direção da academia ninja. Caminhou por uma calçada assobiando corriqueiramente e observando o céu azul e enevoado até chegar ao seu destino. Apesar de cedo a cidade estava movimentada, assim como a sua classe quando lá chegara. Era uma sala bem ampla e arejada, a luz adentrava o recinto através de três janelas enormes de folhas duplas de carvalho na parede contrária a porta, que estavam escancaradas deixando a aragem matinal açoitar os rostos sonolentos dos jovenzinhos. Haviam mesas retangulares espalhadas perfeitamente pelo lugar em filas, eram grandes o suficiente para abrigar quatro alunos um do lado do outro. À mesa do professor centralizada na extrema direita da sala próxima a porta, estava um homem velho e robusto, era Isidoro. Tolkien entrou sorrateiro e se sentou na última fileira e esperou que a aula começasse, ele não tinha muitos amigos mas conhecia todos os alunos.

O velho pigarreara. — Muito bem, o tema de história de hoje cairá na prova que fiz para o teste final. — Iniciara, sempre muito direto e firme naquilo que lecionava. Ele foi calmamente até o quadro que ficava às suas costas e com um giz rabiscara “A vila sangrenta da névoa”, tornando a virar para os alunos que ostentavam semblantes sérios e presunçosos, alguns até receosos. — É um tema bem pesado e gostaria que vocês prestassem a devida atenção. Bem, muito antigamente, na época que antecipou a Terceira grande guerra ninja, o mundo estava um caos. Uma grande crise que afetou as grandes cinco nações encorajou os pequenos países a tomarem alguma atitude com o intuito de reverter a horrível situação em que se encontravam, era uma oportunidade única para eles que viviam às sombras dos senhores feudais e dos cinco Kages. Foram tempos turbulentos em que combates nas fronteiras estavam se tornando extremamente ordinários. — Ele sentou-se vagarosamente, apoiando os cotovelos sobre a mesa. — E como se sabe, uma série de situações que foram prolongadas culminaram numa guerra terrível. E foi neste contexto histórico que a vila sangrenta de névoa desabrochou. Os anciões, juntamente com o Mizukage, pressionados ou não, modificaram a estrutura de formação militar com o intuito de criar ninjas implacáveis desde suas raízes, eram testes que formavam máquinas de matança e shinobis que eram diretamente indicados a assumirem cargos como os espadachins de Kiri, independentemente da idade. Os alunos eram obrigados a matar uns aos outros, uma atmosfera crucial que destruía qualquer inocência e capacidade de consideração sentimental alheia. Um pote de ouro para os antigos chefes militares. Os campos de batalhas eram ventres rasgados e rompidos pelo próprio demônio humano, tomando posse das almas inocentes, talhando o famoso estereótipo do ninja perfeito.

Aquelas palavras despertaram sentimentos diversos nos alunos que ouviam com atenção, até mesmo os mais hiperativos pareciam quietos. Com Tolkien não tinha sido diferente, uma chama queimava em seu peito, ele enchia-se de um sentimento indescritível, medo ou nostalgia? pensara, temendo a si próprio. Realmente não sabia.

— O sistema veio a ser trocado quando um jovem rapaz chamado Momoch... — A voz do velho se obscureceu, Tolkien se afundara na cadeira ainda mais, a conversa com o seu pai regurgitando de súbito em sua cabeça. Ele lembrou-se da frase de um grande filósofo antigo que dizia: não existe certo ou errado, só existe o conhecimento e a ignorância. Então eram todos ignorantes? Como aquele papo de homens de conhecimento pode mudar isso? Como um homem pode enfrentar tudo isso sozinho? A aula foi se tornando palco secundário em sua mente, conforme as perguntas fossem fuzilando a sua esperança em compreender as palavras de seu pai. Inquieto, mas pensativo, foi o seu comportamento durante o restante da aula. Ele ousava se imaginar vivendo naquela época, ruminando em que tipo de pessoa teria sido, na possibilidade de ter passado por um teste daqueles. Seria o acaso o único veículo que define o destino humano? Ou há mais coisas entre o céu e a terra do que nossa vã filosofia possa imaginar? Ele gostaria de saber qual o motivo de ter nascido numa época e não em outra, quem definia isso? O acaso? Sua existência condicionava-se unicamente ao fato de sua mãe e seu pai terem tidos relações amorosas aleatoriamente numa noite? Ou havia mais que isso? Para ele, responder aquilo era vital, afinal, se a imortalidade da consciência não fosse verdade, qual o sentido da vida?

O sinal que tocara alto indicando o fim da aula o despertara daquele transe, o tempo tinha voado como uma águia em céu aberto. A imagem do horizonte laranja-avermelhado que passava através da janela da sala o atiçara para outra coisa, o seu irmão Reuel estava chegando de uma missão e iria ajuda-lo a treinar para o teste Genin. Ele levantara-se de súbito e partira para casa em disparada.


Bem, com isso fica bem visível que o meu personagem é um tipo de maluco paranoico, ou não. De qualquer modo, prometo que as coisas ficarão mais interessantes no próximo filler.
Voltar ao Topo Ir em baixo
GhosTTerroR

Membro | Suna
Membro | Suna


Sexo : Masculino
Idade : 29
Localização : Porto / Coimbra
Número de Mensagens : 5166

Registo Ninja
Nome: Himura Senshou
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 2850
Total de Habilitações: 180,75

MensagemAssunto: Re: O véu do esquecimento — Filler 2.   Seg 22 Fev 2016 - 21:13

Assim, de uma forma bem resumida, diria que os teus textos são como a tua atual imagem de "assinatura" ou "bandeira"... Não sei se concordas, mas é o que me passa, sendo que esta comparação me evita dizer todos os adjetivos que poderiam caracterizar ambas as "coisas".
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.myspace.com/ghostterror
Anotherx

Administrador | Ame
Administrador | Ame


Sexo : Masculino
Idade : 20
Localização : Marinhais (Santarém)
Número de Mensagens : 1269

Registo Ninja
Nome: Sikira Eleison
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 1595
Total de Habilitações: 85

MensagemAssunto: Re: O véu do esquecimento — Filler 2.   Qua 24 Fev 2016 - 12:32

Bom saber que as coisas vão "abanar" no próximo filler. Este foi bom mas limitou-se a desenvolver a caracterização de Tolkien e a forma como a sua mente funciona. Ele é tão filósofo como o seu pai, a grande diferença é que o pai mostrou-lhe algumas respostas de que ele não entendeu totalmente enquanto Tolkien medita apenas sobre perguntas.

Fiquei curioso se escolheste mostrar uma aula sobre a blood-mist kirigakure só para dar contexto ou se é um tema de que vais voltar a falar no futuro. Contínua, quero ver o que tens em mente ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kamus

Membro | Konoha
Membro | Konoha


Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Brasil
Número de Mensagens : 104

Registo Ninja
Nome: Hyuuga Kamus
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 275
Total de Habilitações: 70,75

MensagemAssunto: Re: O véu do esquecimento — Filler 2.   Sex 26 Fev 2016 - 23:08

@Malkuth escreveu:
Os campos de batalhas eram ventres rasgados e rompidos pelo próprio demônio humano,
essa é provavelmente a imagem mais fascinante construída nesse capítulo, adoro o fato de você não descrever humanos decepados em si, mas de personificar o próprio campo de batalha como corpo humano mutilado. esses pequenos insights articulam com a estética surrealista e valem o texto todo.

tua fascinação por filosofia é ostensiva, e o teu Hamlet e o teu Sócrates também hahaha.... enfim, sempre tive uma queda por essas coisas, embora só tenha realmente me chocado por algo ao ler Nietzsche, ainda lá no ensino médio. mas daí quando entrei na universidade e comecei a conhecer uns caras mais modernos que saem desse escopo filosófico meio seccionado e entram num pensar que soa mais como um amálgama sociológico, filosófico, psicológico, em diálogo constante com literatura e arte em geral... bom, aí sim eu perdi a salvação, graças a deus. acho que você vai acabar se enveredando por este caminho quando for pra universidade, não é? faz bem o estilo. você vai gostar.

eu gosto muito do Sócrates por ele ter intervido tão paulatinamente no status quo ideológico da sua contemporaneidade, e inclusive ter sido levado à morte por isso..., mas eu igualmente adoro os sofistas, que são exatamente esses caras que admitem não apenas as múltiplas verdades, mas a capacidade de se construir verdades a partir da linguagem, desmanchando essa ideia da existência de um centro de verdades absolutas em torno do qual orbitamos e devemos nos ater, negando quaisquer outras possibilidades.

pra mim a necessidade de constituir sentido de vida apenas na transcendência não passa de ilusão e um peso ideológico que se inscreve historicamente em nós ocidentais, tanto a partir da raiz cristã ("Deus") quanto da grega ("O mundo das ideias"). sou bem imanentista com relação a esse assunto.

Na tua narrativa mesmo, o que eu acho mais interessante é ela colocar em suspensão uma questão que em Naruto (e em quaisquer shounen por aí) já é tida como verdade dada: a questão moral de todo mundo ser formado "naturalmente" como guerreiro, para defender sua "nação" com a própria vida, independente de quase qualquer coisa.

a questão que me fica é, se acontecer, como se articulará a decisão do teu Tolkien (este nome não é dos sutis) por se tornar um shinobi, tendo em vista todas essas problematizações que rondam a consciência dele?

desculpa, o comentário foi enorme e eu nem me ati ao enredo em si, mas acho que seus questionamentos aqui demandam esse diálogo para além.

Estarei acompanhando - ps: se você quiser e souber me marcar para ser notificado sempre que postar um filler, esteja a vontade.

boa sorte.
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://sarausilencio.wordpress.com/
 
O véu do esquecimento — Filler 2.
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Kirigakure :: Fillers-
'); }