Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 [Treino] Gouken

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Kamus

Membro | Konoha
Membro | Konoha


Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Brasil
Número de Mensagens : 104

Registo Ninja
Nome: Hyuuga Kamus
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 275
Total de Habilitações: 70,75

MensagemAssunto: [Treino] Gouken   Sab 9 Abr 2016 - 8:42

Desta vez, Kamus vinha com os pesos adequados para o seu corpo. Carregando dois em cada mão e mais um último por cima dos ombros, o garoto caminhava calmamente para o lugar de encontro. Já sabendo que Rhina se atrasaria, como era habitual, ele decidiu ir bem mais cedo para otimizar seu treinamento. O caso da menina não era nada de realmente alarmante, ela sabia controlar seu tempo suficientemente bem, era apenas voluntariosa e tinha um certo sabor em ver pessoas aguardando-a.

Chegou à clareira onde costumavam treinar juntos e já começou a se preparar. Primeiro, em cada um dos tornozelos encaixou pesos de quinze quilos; em seguida, repetiu o processo nos pulsos, acrescentando mais quinze quilos em cada um. Já com a quantidade total de sessenta quilos distribuídos nas extremidades do seu corpo, pegou a faixa mais longa, de vinte quilos, depositada em cima do seu ombro, e a envolveu firmemente em sua cintura.

Inspirou profundamente, tentando integrar ao máximo aqueles oitenta quilos extras à própria constituição do seu corpo. Já havia treinado dessa forma outras vezes, mas fazia menos de um mês que decidira explorar de verdade sua própria força e velocidade com pesos extras. Era a primeira que colocava algo na cintura, o que parecia fazer uma enorme diferença no equilíbrio e no controle da agilidade dos seus movimentos. Sorrindo diante da perspectiva de ser surrado por Rhina por não conseguir desviar dos seus ataques, testou forçar um pequeno pulo e sentiu a gravidade querendo jogá-lo contra o chão.

Começou por treinar as pernas. Delimitou visualmente uma dada área pela qual devia correr, contornando em zigue-zagues quaisquer menores obstáculos que vissem à sua frente, de modo que se tornasse habituado a movimentos repentinos. Faria isso até sentir equilíbrio com os movimentos das pernas.

Num impulso ágil e forte, avançou uma distancia invejável, mas as passadas seguintes provaram ser desastrosas - o peso na cintura não oferecia o apoio às pernas ao qual ele estava acostumado, por isso o esforço para cada passada tinha de ser redobrado. Fez uma carranca e prosseguiu. À sua frente, o tronco fino de uma pequena árvore obrigou-o a esquivar-se para o lado - mas o que ele pretendeu fosse apenas um leve deslizar à direita transformou-se num completo descontrole de seu equilíbrio. O peso extra fez seu corpo pender de forma progressiva, quase derrubando-o no chão. Antes que caísse, impôs força sobre sua perna esquerda, impulsionando-se num rápido giro que restabeleceu seus movimentos.

Sem hesitar, continuou a corrida no mesmo instante, agora com mais cuidado e mantendo em mente a noção das reações gravitacionais para com o aumento do seu peso. Sempre que se via diante da necessidade de fazer qualquer movimento brusco - seja um salto, seja um esquivar - empenhava sua atenção para, no mesmo instante, contrapor os pesos com uma quantidade de força suficiente para evitar perda de equilíbrio.

Circundou grande parte do terreno florestal em torno da clareira repetindo a mesma estratégia, de forma a explorar regiões com vegetação rasteira, o que exigia mais saltos, e regiões onde a quantidade de árvores se adensavam mais, o que exigia constante mudança de direção. Parou algumas horas depois. Uma ardência dolorosa preenchia toda a extensão dos músculos de suas pernas. Essa sensação também se espalhava nalgumas partes do seu tronco, mas mais localizadas, principalmente na cintura e nas costas.

Para livrar-se da exaustão, se encolheu entre as enormes raízes de uma árvore cuja sombra se estendia longamente sobre o terreno da clareira. Esperando os músculos absorverem as leves dores causadas pelo esforço constante, Kamus refletia de que forma continuar treinando enquanto Rhina não chegava. A floresta ao seu entorno se constituía de forma bastante irregular, em algumas partes muitas árvores se aglomeravam, tão próximas umas das outras que as copas se interpenetravam. Mas em certos lugares, rompendo repentinamente com o adensamento de árvores, surgia outra clareira, límpida, interpondo vinte metros ou mais entre a formação florestal e uma árvore qualquer.

Com a força restabelecida, levantou-se sorrindo. Iria aproveitar aquele cenário para potencializar o treino da sua força, velocidade, controle de chakra e o equilíbrio dessas coisas todas.

Voltou-se para o tronco robusto da própria árvore sob a qual descansara. Com aquele corpo descomunal, se ramificando numa forma esquelética assombrosa, cheia de fissuras na sua grossa casca, a árvore parecia desafiá-lo. O sorriso ainda impregnava sua expressão quando, depois de concentrar cuidadosamente uma camada de chakra sobre os pés, o garoto deu dois pequenos e rápidos passos para trás e então avançou com toda sua agilidade. Percorrera apenas sete ou oito passos verticais sobre o tronco da árvore quando sentiu o novo peso do seu corpo impelindo-o à queda. Percebendo que já não conseguiria reequilibrar-se inclinando-se para a frente, ao invés de se deixar cair, se uniu à gravidade e distribuiu atabalhoadamente chakra nas mãos, girando num pequeno mortal para trás e prendendo-se ao tronco com as mãos e os pés, como um quadrúpede.

Fungou para o lado, cuspindo a hesitação que um medo fugaz quis lhe impor. Com ferocidade, impulsionou-se para cima usando tanto as mãos quanto os pés. No embalo do movimento, preencheu o solado dos teus pés com uma concentração de chakra mais poderosa e tentou continuar sem as mãos. Primeiro, correu mais devagar, atento para a forma como devia lidar com o peso do seu corpo e o nível de chakra que devia usar para harmonizar a estabilidade dos seus movimentos.

Estava já vários metros acima, grudado na árvore, quando, mais seguro de si, deu um novo arranque, correndo até o fim do tronco principal com toda a agilidade que conseguia tirar de si. Chegando quase no topo, utilizou a inclinação de um galho menor para impulsionar-se num salto até outra árvore a cerca de oito metros de onde estava. Unida à sua velocidade, a força que usou na impulsão com o pé fê-lo pairar no ar por alguns instantes. Antes de perder sua estabilidade, realizou o mortal ainda no ar, estacionando com os pés na árvore almejada. Como já imaginava que seria, o pouso foi extremamente brusco pela quantidade de peso, e logo depois de encaixar os pés no tronco da árvore, teve de fixar-se também com as mãos para manter-se controlado.

Kamus ofegava, mas não estava exatamente cansado. Fazer todos aqueles movimentos e peripécias exigia tanto do seu corpo quanto da sua mente, que precisava mantê-lo atento para a forma como seu novo peso reagiria a quaisquer posições e movimentos. Grudado à árvore com o Kinobiri ativo nas mãos e nos pés, o garoto sorriu novamente. Apesar das dificuldades, estava sabendo lidar bastante bem com a situação.

De onde estava, voltou a apoiar-se apenas com os pés e, correndo no tronco, localizou outra árvore próxima e saltou rapidamente, agarrando-a com as mãos entornadas de chakra, para em seguida se pôr de pé. Continuou nesse ritmo, ora seguindo em linha reta, ora em círculos, percorrendo afinal grande parte de uma das regiões onde o ajuntamento de árvores era denso. A atividade mental e corporal sempre à todo vapor impingia-o a buscar o melhor de si, controlando ininterruptamente quantidades de chakra suficientes para que ele se agarrasse numa árvore depois de um salto veloz e carregado daquele enorme peso, assim como a própria necessidade de recobrar a força dos seus impulsos constantemente, de maneira a levá-lo com êxito de um tronco a outro.

Num dado momento, fixado em uma árvore para a qual tinha acabado de saltar, Kamus parou seus pulos, interessado numa clareira que abria-se logo ao seu lado. Podia continuar emaranhando-se normalmente no adensamento florestal no qual esteve treinando, mas naquele momento sentiu-se estranhamente atraído por uma árvore da clareira, localizada a cerca de vinte metros em relação à atual posição do garoto.

Estava atraído pela vontade de desafiar-se, percebeu ele, no alto das suas reflexões entrecortadas pela respiração ofegante e pelo suor que escorria-lhe ocasionalmente sobre os olhos. Flexionou os joelhos, ajuntou toda a força de que dispunha e, lançando com destreza o peso dos seus braços pra frente, esticou suas pernas num movimento incrivelmente veloz, reunindo naquele salto toda a potencia que tinha adquirido.

A reunião de toda sua capacidade de velocidade e força naquele salto provou-se, no entanto, ser bem maior do que o necessário. Ainda no ar, nos milésimos que a velocidade lhe permitiu, Kamus percebeu que não seria possível tomar controle sobre si novamente, então, ao invés de tentar agarrar a árvore, encolheu seu próprio corpo num formato fetal. Quase como um projétil lançado por um canhão, o corpo do Hyuuga chocou-se com estrondo contra a árvore, fazendo-a ranger. Antes de cair, sentiu uma dor escruciante tomando conta de si, mas já não tinha condição para saber onde havia se ferido.

Completamente esgotado, também não conseguiu reagir à queda. Desmantelou-se contra o chão e desmaiou.


........


- Acha mesmo que já está se sentindo bem? - quis saber Rhina.

Kamus havia recobrado sua consciência quando a amiga Uchiha, encontrando-o desmaiado, capturou a noção geral do que havia acontecido, molhou delicadamente sua testa com um pano encharcado n'água gelada de um córrego das proximidades. Desperto, ele analisou-se e percebeu que estava apenas com um hematoma doloroso num canto superior das costas. A despeito disso, disse à Rhina que se fizessem uma boa refeição, conseguiria voltar ao treino sem maiores problemas. Dito e feito. De volta a clareira, a menina insistiu mais uma vez:

- Kâ, é sério. Você sabe que eu não pego leve nos treinamentos e não vou abrir uma exceção agora. Mas também não quero te ver passando mal à toa. - O tom de voz da menina ia da seriedade ao provocante; Kamus conhecia-a suficientemente bem, mas não deixava de se sentir um tanto atiçado com o jeito que ela se aproveitava da situação e do seu orgulho.

- Deixa desse papo - respondeu por fim o Hyuuga, um tanto irritado. - Se eu sentir que estou sem condições de continuar, te aviso e pronto.

- O aviso está dado...

Kamus revirou os olhos, mas evitou continuar naquela questão.

- Enquanto comíamos, você disse que tinha algo novo a me mostrar.

- Pois então, é perfeito - disse ela, animando-se. - Com essa sua nova fixação em ficar forte e rápido para dominar estilos de Taijutsus mais agressivos, fiquei pensando... o Gouken seria um excelente primeiro passo, não? Recentemente estive observando Rock Lee treinando com um de seus aprendizes e fiquei pasma. Você também ficaria. A entrega deles àquilo é absurda. Os movimentos também são soberbos, de modo que me lembrei de você e ativei meu Sharingan para copiar algumas técnicas mais básicas.

- Me mostre. Quero ver se me interessa.

- Acha que consegue me acompanhar?

Kamus olhou-a de soslaio, os lábios entrecortando sua face num esgar indulgente e irônico. Enquanto arrumava a postura do seu corpo, também se pôs a harmonizar quantidades de chakra em torno de todo o seu sistema ocular, para ativar o Byakugan. Quando veias sobressaltaram-se nas suas têmporas e o seu olhar ganhou aquela ardência típica do Doujutsu Hyuuga ativado, viu sua amiga, a alguns metros de distancia, fitando-o com uma expressão quase desvairada. Desejava loucamente desafiá-lo. Num átimo, a iris negra da garota tingiu-se inteiramente num vermelho sanguíneo, exceto pela pupila e apenas um tracejado preto ao seu redor.

O acordo mútuo já tinha sido feito entre eles. Rhina embalou sua velocidade com alguns passos e então saltou num chute circular mirando na altura da cabeça. Embora os pesos ainda estivessem distribuídos sobre seu corpo, Kamus tinha uma visualização muito confortável de toda a ação e conseguia reagir eficientemente em relação à velocidade dos ataques da amiga. Afastou-se em alguns ligeiros passos para trás, evitando o pé da garota. Mal o movimento concluiu-se, Rhina já estava rente ao chão rodando a perna numa rasteira fortíssima. Um tanto assombrado, percebeu ainda a tempo que o movimento na realidade era uma combinação. Deu um rápido salto mortal para trás, evitando qualquer outro rebote da garota.

- Isto é o Gouken? - inquiriu.

- Dos jutsus que fui capaz de copiar - respondeu ela aquiescendo com a cabeça -, este é o de que mais gosto. Ao longo da luta, você verá outros.

Rhina avança novamente. Embora não usasse outros combos tão bem articulados, ela demonstrava estar utilizando um tipo de combate com movimentos muito mais bem fechados, que se sucediam dificultando a possibilidade de se criar aberturas para a reação e o contra-ataque do oponente. Um tanto exausto de simplesmente desviar-se, Kamus começou a rebater a maior parte dos golpes. Inclinando o corpo sobre as costas, bloqueou com os antebraços uma sessão de vários chutes seguidos da garota, todos extremamente fortes. Com os braços ainda latejando, Kamus saltou rapidamente, lançando-se em cima dela com o peso esmagador do seu calcanhar, mas foi interceptado por um chute horizontal na própria perna, que o jogou de lado. Ela era ágil.

Sentia seu corpo inteiro latejar de exaustão, mas não tinha como parar: Rhina já vinha novamente, caindo sobre ele com um poderoso soco de duas mãos do qual conseguiu esquivar-se por um triz. Levantou-se de um arranque, uma ideia formando em sua mente. Antes que a garota o alcançasse, deu um salto para trás, impulsionando-se em seguida com as mãos no chão para fazê-lo estacionar com os pés cobertos de chakra sobre o tronco de uma árvore. Embalado na aceleração dos movimentos, dali Kamus investiu contra ela com um chute alto exponencialmente veloz. A garota agachou e, um milésimo antes de ser acertada com uma rasteira feroz, percebeu o erro fatal que havia cometido.

Ela rolou alguns metros no chão, recompondo-se em seguida ao levantar-se subitamente usando uma pequena carga de chakra no chão, que lhe restabeleceu equilíbrio. Em pé, à distancia, ela olhou atordoada para o amigo Hyuuga.

- Posso até não ter um jutsu de cópia de técnicas como o Sharingan - Kamus ofegava visivelmente enquanto falava, as palavras às vezes entrecortadas por uma sucção de ar -, mas o Byakugan é um doujutsu fundamentalmente analítico. Observando com a gama de perspectivas que ele me oferece, não se torna difícil ler como cada movimento físico e do seu chakra se constroem para resultar num dado estilo de luta ou jutsu.

- Isto que você acabou de fazer se chama Konoha Senpuu - constatou ela, ainda um tanto esbabacada. - Quer dizer que já o dominou?

Kamus sorriu e deixou-se cair no chão, com um leve baque. O cansaço era tremendo e o corpo lhe doía em várias regiões.

- Bom... estou no caminho, né?


Última edição por Kamus em Dom 17 Abr 2016 - 14:25, editado 1 vez(es) (Razão : .)
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://sarausilencio.wordpress.com/
Ozzymandias

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin


Sexo : Masculino
Idade : 60
Localização : Unknown
Número de Mensagens : 3930

Registo Ninja
Nome: Hiroshi Daisuke
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 30460
Total de Habilitações: 903,25

MensagemAssunto: Re: [Treino] Gouken   Dom 10 Abr 2016 - 2:34

Reservo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ozzymandias

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin


Sexo : Masculino
Idade : 60
Localização : Unknown
Número de Mensagens : 3930

Registo Ninja
Nome: Hiroshi Daisuke
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 30460
Total de Habilitações: 903,25

MensagemAssunto: Re: [Treino] Gouken   Seg 11 Abr 2016 - 3:34

Avaliação de Hyuuga Kamus


Habilitações Ninja

Ninjutsu: 4,25 + 0,75 = 5
Taijutsu: 6 + 0,75 = 6,75
Kenjutsu: 2,75
Genjutsu: 0
Selos: 2,5
Trabalho de Equipa: 0

Habilitações Corporais

Força: 3,75 + 1,25 = 5
Agilidade: 4,25 + 1,25 = 5,5
Controlo de Chakra: 4,5 + 0,75 = 5,25
Raciocínio: 2,75
Constituição: 4 + 0,5 = 4,5

Total da Avaliação: 5,25 / 7

Somatório: 34,75 + 5,25 = 40

Comentários: Cuidado com aqueles pesos. Como você acabou de sair da academia, levar oitenta quilos no corpo é bastante incoerente. Esse exagero lhe fez perder alguns pontos relacionados.  


Atualizado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kamus

Membro | Konoha
Membro | Konoha


Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Brasil
Número de Mensagens : 104

Registo Ninja
Nome: Hyuuga Kamus
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 275
Total de Habilitações: 70,75

MensagemAssunto: Re: [Treino] Gouken   Ter 12 Abr 2016 - 1:30

Opa,

Concordo contigo quanto aos pesos (embora a culpa seja do Rock Lee, ele usa toneladas, mas sejamos razoáveis hahaha). Mas tem um probleminha, no Raciocínio. Há todo um percurso aí no qual eu tento evidenciar o trabalho do personagem em refletir de que forma ele lidaria com a relação do peso extra com a gravidade, além de ele ter sido bem analítico quanto aos movimentos de taijutsu da amiga, o que também exige raciocínio, etc.

só gostaria de cobrar alguns pontinhos aí

de qualquer forma, muito obrigado pela avaliação
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://sarausilencio.wordpress.com/
Ozzymandias

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin


Sexo : Masculino
Idade : 60
Localização : Unknown
Número de Mensagens : 3930

Registo Ninja
Nome: Hiroshi Daisuke
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 30460
Total de Habilitações: 903,25

MensagemAssunto: Re: [Treino] Gouken   Ter 12 Abr 2016 - 1:33

É porque não pareceu que era teu personagem raciocinando sobre isso. Imaginei que fosse apenas a descrição da maneira da garota lutar.

Lembra de deixar isso mais claro na próxima.
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Treino] Gouken
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Konohagakure :: Treinos-
'); }