Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 HS[F10]Prova n°3 - A Ilha-Prisão.doc

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
GhosTTerroR

Membro | Suna
Membro | Suna


Sexo : Masculino
Idade : 29
Localização : Porto / Coimbra
Número de Mensagens : 5166

Registo Ninja
Nome: Himura Senshou
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 2850
Total de Habilitações: 180,75

MensagemAssunto: HS[F10]Prova n°3 - A Ilha-Prisão.doc   Sab 11 Jun 2016 - 12:12


Ikuza sorriu de satisfação!
«Passam 12 à prova final!»

Spoiler:
 

O resto da viagem até à praia da ilha decorreu calmamente.
Assim que lá chegaram, Oshan e Shibishi recusaram a proposta de Ikuza, que lhes propôs ficarem a aguardar que a prova terminasse, e decidiram regressar numa embarcação bem mais pequena. Afinal, já não eram candidatos. Marikah disse-lhes que poderiam ficar descansados visto que a criatura ainda estaria sob o efeito do jutsu das borboletas...

O sol estava alto, mas já se dirigia para o horizonte... Estava calor!
Todos aguardavam com alguma impaciência as informações da próxima prova, a terceira e última prova da candidatura à N.I.S.O..

- Bem-vindos... - Najime Ikuza abriu os braços. - À velha ilha-prisão shinobi! - Atrás dele, grandes edificações metálicas não muito altas, todas interligadas numa só enorme estrutura. As paredes de ferro decoravam-se com musgo e ferrugem, dando-lhe um ar de abandono. A grandiosidade da estrutura fez brilhar muitos olhares espantados. - É aqui que irá decorrer a última prova, a mais difícil, uma vez que, só seis podem passar esta prova! Os seis que, juntamente comigo, formaram a N.I.S.O., Najime Ikuza Shinobi Organization! - Agitou as mãos. - Já sei, já sei... Querem as regras, mas desta vez têm que aguardar mais um pouco... - Ele mergulhou a mão na sua bolsa shinobi. Retirou um lenço preto. Atado a este saiu outro, e depois outro, e outro...
- Hahahaha! Agora viraste ilusionista!? - Comentou Enpuu divertido. Os restantes também achavam graça enquanto que Ikuza ia puxando os lenços. Depois, amaçou-os todos num só.
- Agora tenho que vos vendar! Quem ousar espreitar ou usar alguma técnica sensorial será desqualificado, e recomendo a que não me ponham à prova!
- Verdade! - Reforçou Raijin, junto dos restantes.

Ikuza foi passando por trás de cada um dos doze, vedando-os com uma das vendas pretas e atando-lhes as mãos atrás das costas com outra.
- Ei! Olha lá... - Enpuu, desconfiado, enquanto Ikuza lhe atava as mãos, sabendo da sua orientação sexual.
- Não achavas uma fantasia sexy!? - Murmurou-lhe ao ouvido.
- Olha lá, ó Ikuzão! Deves pensar que... - calou-se, apercebendo-se que ele já não estava atrás de si... - «Maldito!»

Depois de todos estarem vendados, o organizador retomou a palavra:
- Muito bem, estamos prontos. Eu vou guiar-vos até ao local onde darei as restantes instruções...
Ikuza foi avisando sobre degraus ou outros obstáculos. Os 12 seguiam a sua voz, um pouco desconfortáveis com a falta de visão. Sentiam o ar e o som ir mudando à sua volta, ouvindo às vezes metal a ranger. Porém, tinham a sensação da caminhar sempre em frente, sem fazer desvios ou curvas.

Minutos depois...
- Chegámos! Podem soltar-se, se conseguirem, e retirar as vendas.
Quase todos se libertaram com a técnica da escapatória, exceto o gennin de Konoha, que não a sabia usar... Kika, que também fora vendada, retirou a venda com as suas patas e depois ajudou Akizuya a soltar-se, mordendo o pano que lhe prendia as mãos. Kika ladrou assim que o soltou e o seu companheiro agachou-se para a congratular.
- Mas que... Cheiro é este!? - Kika latiu. Akizuya cheirou a venda da sua cadela. Tinha um intenso cheiro a óleo. - Raios, lá se foi a minha ideia! - Kika ladrou de novo. Akizuya ergueu-se e viu-se, juntamente com os restantes 11 candidatos, num escuro cubículo rodeado de paredes metálicas, com duas passagens sem porta - uma à esquerda e outra à direita - junto à parede do fundo, atrás de Najime Ikuza. Atrás deles uma sólida parede. «Mas não caminhamos sempre em frente!?»
Ikuza começou a dar todas as instruções:
- Como já disse, nesta prova só poderão passar 6 shinobi! Uma vez mais, vocês não se aperceberam, mas estão a falar com um Kage Bunshin, é melhor não o destruirem! O "eu" original espera-vos no exterior... Os seis primeiros a saírem serão os novos membros da N.I.S.O., exceto se... - fez uma pausa e um sorriso esgaziado. - Existe nesta prisão uma máscara amaldiçoada de um ANBU que morreu misteriosamente enquanto tentava sacar informações de um recluso. Eu não tenho interesse em usá-la, mas... - olhou na direção de Senshou e este ficou involuntariamente em sentido. - Alguém com um espírito ANBU que tenha interesse e habilidade suficiente para a descobrir, esse ficará com o lugar do sexto shinobi a sair e será ele o novo membro da N.I.S.O.! - Alguns dos candidatos olharam Senshou com o canto do olho. Ikuza interveio: - Ah! Não confundam! Eu não estava a olhar para ninguém, nem a falar de ninguém em particular. Não tenho preferências, caso contrário, não vos submetia a estas provas... Bem, evitam também de tentar quebrar estas paredes, chão ou teto. Sei que tiveram a sensação de caminhar em frente, pois na verdade esta é uma prisão labiríntica e possuiu também um mecanismo que desloca as paredes. Estas, além de altamente resistentes, estão ligadas por fios condutores de chakra a um selo especial algures no subsolo que absorve o chakra dos shinobi que lhes tocarem. Não se esqueçam que, apesar de abandonada, esta é uma prisão shinobi, e apesar de todas as celas e setores estarem abertos ou destrancados, não pensem que será fácil... - Ikuza embateu uma palma na outra. - E acho que é tudo. Boa sorte; Hajime! - O clone desapareceu em fumo.
Todos começaram a sair, correndo na direção de ambas as aberturas.
Tal como acontecera na primeira prova, só Raijin e Senshou ficaram para trás.
- Fico à tua espera. - Disse-lhe Raijin, olhando-o de lado. Depois saiu pela esquerda a passo acelarado.
Senshou estava pensativo...
«Ah! ...Eu não estava a olhar para ninguém, nem a falar de ninguém em particular. Não tenho preferências...» Olhou para o local onde estava o clone de Ikuza. «...Alguém com um espírito ANBU que tenha interesse e habilidade suficiente para a descobrir...».
- "Habilidade"!? - Murmurou Senshou, pensando alto. Girou a cabeça 180°, para trás de si, em direção à parede. Era metálica, cinzenta e lisa, exceto naquele local, em linha com os pontos onde estava o clone de Ikuza e onde estava Senshou. - Era para ali que ele olhava! - Todo aquele raciocínio de observação derivava dos ensinamentos iniciais do próprio Ikuza. Senshou aproximou-se da parede, a passo. - Deve estar aqui! - A parede tinha alguns arranhões oblíquos, bastante subtis. Senshou concentrou o seu chakra... - Kibaku Fuuda Tekishutsu no Jutsu! - Mergulhou os seus dedos na parede. O seu chakra começou a ser sugado!

Krono, o careca de pintas na cabeça deu de caras com uma bifurcação.
- Esquerda! - Decidiu rapidamente. Correu através do longo corredor. Ao fim dobrou uma esquina de 90° e travou-se! - Favas! Sem saída! - Apertou o punho e girou sobre si para regressar à biforcação, mas foi travado...
- Oi, oi! Sem saída, neh!? - Era Yukito Enpuu, tinha-o seguido. - Na outra prova ficaste à minha frente, provando seres um possível forte candidato. Ora, não posso correr o risco de ser o sétimo por tua culpa... - Krono colocou-se à defesa, ouvindo o shinobi risonho balbuciar. - Eu levo os meus desafios bem a sério! E este eu quero vencer, mesmo só para mostrar ao Ikuzão quem é o gostosão daqui! - Enpuu começou a soltar as ligaduras.
- Não me subestimes! - Krono fez alguns selos. Depois uniu os pulsos e aproximou-os da cintura... Raios elétricos começaram a faíscar entre os dedos e as palmas de ambas as mãos... - Hyukidori! (Cem-Pássaros!)
- As tuas técnicas "wannabe" são ridículas! Vou-te mostrar como se combate... Kiriorosu Houtai!!!

O konohanin seguiu a sua cadela em direção à luz existente ao fundo do corredor. Chegaram a um amplo pátio rodeado de paredes metálicas. O teto era transparecia o ambiente exterior. Seria de vidro, ou plástico...
- Ei! - Chamou uma voz do outro lado. Era Zendan, que também encontrara o pátio através de um outro corredor. O mesmo aconteceu com Rouku, surgindo entre os dois, e depois Jubei, por detrás de Akizuya. Duas esferas elétricas orbitavam à sua volta.
- Aquilo não é metal! - Aclamou Rouku olhando para cima. - Talvez consiga...
- É uma perda de tempo! Sem saída! - Erenai Jubei virou costas e voltou a mergulhar na escuridão labiríntica.
- Bah! - Rouku desprezou a sua atitude. - Estes shinobis de Suna, têm a mania que sabem mais que os outros... - O shinobi do país dos rios agarrou num scroll e desenrolou-o. O konohanin e o kumonin viram surgir um grande machado duplo com um longo cano de ferro. Rouku agarrou-o e começou a correr, arrastando-o pela terra e depois, com o kinobiri, através da parede de ferro, fazendo faísca em direção ao teto. Balanceou o machado e agarrou no seu cabo com ambas as mãos quando este estava acima da sua cabeça. Forçou-o então contra a gravidade, na direção do vidro...
- Nandatoo!!??? Aquilo foi uma explosão!? - Após o feixe de luz, Rouku caiu como uma mosca morta no chão térreo. O seu machado cravou-se alguns metros ao seu lado. - Vamos dar o fora daqui!!! - Gritou para Akizuya, regressando para o seu escuro corredor.
O gennin de Konoha e sua cadela Kika fizeram o mesmo...

Raijin explorava todos os corredores a uma velocidade surreal!
Já Kubagami Marikah, permanecia imóvel no mesmo local. Tinha invocado uma vez mais as suas pequenas borbuletas. Um grupo delas aproximou-se e uma pousou gentilmente no seu dedo indicador.
- Ah! - Com um suave sorriso de satisfação. - Parece que já descobri uma forma de sair daqui. Mostrem-me minhas lindas! - As borboletas esvoaçaram e Marikah seguiu-as.

Lá fora, Ikuza via o sol a descer em direção ao horizonte, ancioso por conhecer os futuros membros da sua organização. Subitamente, sentiu uma presença...
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.myspace.com/ghostterror
 
HS[F10]Prova n°3 - A Ilha-Prisão.doc
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Sunagakure :: Fillers-
'); }