Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 HS[F12]Revelações (pt.2).doc

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
GhosTTerroR

Membro | Suna
Membro | Suna


Sexo : Masculino
Idade : 29
Localização : Porto / Coimbra
Número de Mensagens : 5166

Registo Ninja
Nome: Himura Senshou
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 2850
Total de Habilitações: 180,75

MensagemAssunto: HS[F12]Revelações (pt.2).doc   Sab 11 Jun 2016 - 12:14


Himura Senshou abriu os olhos e retirou a mão da parede. A sua mão segurava um objeto...
«Arya» Lembrou-se da sua colega de turma. Viu-a na sua mente...
Voltou-se depois para a colega com uma expressão desiludida...
- Eu oferecia-te mas... Não acho que seja um presente bonito para te oferecer em troca, nem o suficientemente digno de ti.
Ela agitou as mãos frenéticamente:
- Não! Se é o que achas, não a quero. - Pousou os cotovelos na pequena escrevaninha de madeira à sua frente a apoio as suas faces nas palmas das mãos. Senshou achou-a, como a achava «super fofa e super linda». - Ofereces-me depois em troca um presente que vejas e que sintas com a tua certeza que é um presente para mim.
- Combinado, Arya-chan! - Como a tratava vulgarmente num tom de divertida convivência.

...mas este objeto ainda não era o "tal". Era uma máscara! Uma máscara demoníaca! A da sua visão. A que o falecido ANBU usava. A máscara "hanya" amaldiçoada! O seu bilhete para garantir a sua participação na N.I.S.O..
- Agora tenho que sair deste local! - Determinado, apesar de enfraquecido devido ao chakra que lhe fora absorvido...
Começou a correr através dos escuros corredores. Quando encontrava um "dead-end", regressava e tentava outra alternativa... Desceu uma escadaria afundando-se numa penumbra ainda mais escura. Ele não era usuário quer de Raiton quer de Katon e as suas técnicas não o ajudariam naquela situação. Lançou então uma kunai com um explosivo. Foi a explosão que iluminou o corredor. Usando a mesma ideia, Senshou foi avançando até encontrar uma nova escadaria ascendente que o levava a zonas menos escuras...


Uma luz vinda do túnel que dava acesso à prisão fez com que todos os que estavam lá fora girassem a cabeça.
Surgiu Angelline, rodeada de eletricidade. Ela cemicerrou os olhos e olhou para os que já tinham vencido a prova. «Tshh!» E desapareceu em fumo...
- Era um Kage Bunshin!? - Perguntou Akizuya.
- Muito inteligente! - Comentou Ikuza.

Em 6° lugar ficara Inuzuka Akizuya, benificiando do seu apurado faro, e sobretudo do da sua cadela Kika, que lhes permitiu seguirem Jubei sem que este se apercebesse...

Angelline escondeu-se e aguardou pacientemente pela chegada de mais concorrentes. Só lhe restava conseguir a máscara, caso alguém a tivesse encontrado. Usara um Kage Bunshin apenas para conferir se ainda ia a tempo dos cinco primeiros e dessa forma, manteve-se em prova, tendo ainda a possibilidade de adquirir a máscara.
Zendan surgiu ao virar da esquina. «É agora!»
Angelline surgiu da escuridão correndo ao seu lado.
- Qual de nós vai ser o sexto!? - Provocou ela com um bluff.
- Eu! - Zendan acelarou e ela abrandou, sorrindo. «Ele não tem a máscara, caso contrário não se iria preocupar em correr tanto».
Ela viu a expressão de Zendan ao contar os que já tinham vencido. «Seis!» Voltou-se para ela com uma expressão irritada. Ela acenou-lhe com um sorriso e regressou ao interior.
Algum tempo depois foi a vez de Shou ser vítima do mesmo bluff...
Depois de Shao, a espera foi maior - até ao amanhecer!

Himura Senshou deparou-se com um bêco-sem-saída. Mas aquele era diferente, até porque naquele caso ele não tinha encontrado nenhuma biforcação alternativa... A parede à sua frente era de pedra maciça e não de metal. À sua direita, também um retangulo de pedra. À sua esquerda, nove manivelas puxadas para cima. Ele puxou uma e depois outra, voltou a levantar esta e aquela... Nada! «Afff... Estou sem paciência para mais enigmas!» Olhou para a parede à sua frente. Yosh! «Não é de metal, pois não!?» Preparou-se. Concentrou o seu chakra que fluiu através do seu corpo: até ao seu punho direito!
- Okashö!!!! - Para surpresa do próprio Senshou a grossa parede partiu-se em bocados! Senshou caiu novamente em si e não esperou nem mais um segundo para avançar.
Angelline ouviu o som da pedra quebrar ecoar através daquele silêncio noturno. «Finalmente vêm aí mais um!» Senshou surgiu dobrando a penúltima esquina. «É ago...» Angelline interrompeu o seu próprio pensamento quando viu um objeto preso à bolsa que Senshou tinha à cintura... «A máscara!»


~


Oshan e Shibishi tinham resolvido pernoitar numa clareira no seu calmo regresso a Sunagakure.
O velho abriu repentinamente os olhos, já o céu começava a clarear...
Shibishi ergueu e seu enorme tronco de titã.
- Sentes este chakra!? - Perguntou ao velho.
- Claro que sim. - Com seriedade. - E não são eles. - Referia-se aos que tinham superado a segunda prova. - Este chakra é bem mais obscuro. Arrepía-me a espinha! Sinto-me até nostálgico e enjoado! A última vez que senti um chakra tão obscuro foi... - Tentou recordar-se. - Na grande guerra shinobi contra o Madara! - Os dois sunanins levantaram-se. - Porém, neste caso a totalidade do chakra não pertence a um único shinobi... São vários.
- Hai! Também o sinto.
- Foge, se queres. Eu empato-os o mais que puder.
- Jamais! - Shibishi, colocando-se ao lado do velho.
- Afff... Eu devia mesmo ter desistido na primeira prova, mas o que fazer!? O destino assim traçou. «Parece que chegou a minha hora. Só espero que a minha morte possa ser digna o suficiente para honrar toda a minha vida...» - Não o disse em voz alta, para não atormentar Shibishi, uma mulher ainda jovem.
Os dois viam os vários shinobi aproximando-se. Arrastavam algo pesado...

- Ah! Têmê! - Queixou-se um tipo musculado com correntes a serpentearem-lhe os braços. - Esta história de ninguém ser o líder já parece treta! Sinto-me escravizado!
- Ah, Nendo, por favor! Lembra-te dos nossos objetivos em comum.
- É díficil lembrar puxando todo este peso! - Reclamou Zakkuh, um moreno igualmente musculado.
- Temos companhia. - O mais franzino dos homens reparou nos dois shinobi de Sunagakure. Estavam de pé esperando-os.
- Afff... A culpa é de Shinzu! Devia ter escolhido outro ponto de encontro! - Voltou a reclamar Nendo.
- Sem stress! - Naomi sacudindo as mãos. - Estamos quase lá! E este possível contratempo iremos resolver num piscar de olhos!

Shibishi e Oshan piscaram os olhos.
- Aquilo (não) é!?
Olharam esbugalhados para a grande criatura que os vários shinobi arrastavam.
- A "serpente-dragão-marinho"!? - Ousou dizer Shibishi.
- Ou lá como se chamava... - Oshan apertou os punhos. - Prepara-te para combater, os símbolos das vilas deles estão riscados. São nukenins!
Os cinco nukenins largaram as correntes parando a pouco mais de trinta metros dos sunanins...
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.myspace.com/ghostterror
 
HS[F12]Revelações (pt.2).doc
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Sunagakure :: Fillers-
'); }