Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Primeiro Ato; Adeus "Papai" Pt.2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Kira Lux

Membro | Konoha
Membro | Konoha


Sexo : Masculino
Idade : 14
Localização : Minha casa
Número de Mensagens : 23

Registo Ninja
Nome: Yuuhi Mitsuki
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 000
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Primeiro Ato; Adeus "Papai" Pt.2   Sab 24 Set 2016 - 2:16

Esta é a segunda parte do Filler: Primeiro Ato; Adeus "Papai". Terceira e última parte virá em breve.

Capítulo 2
A verdade seja dita

Era noite de quarta-feira, já se passaram dois anos e até hoje meu pai não retornou para a casa, a cada dia aquilo me deixava cada vez mais abalada, as flores que eu traziam para a casa não transbordavam cores vívidas que eram vistas em todos os jardins e floriculturas, eu trazia flores secas, sem "graça", e principalmente, a minha favorita, a Rosa Negra. Eu estava em meu quarto, deitada em minha cama olhando para o teto, estava vestindo meu vestido púrpura escuro e estava descalça, meu cabelo estava todo espalhado pela cama, minha mãe adentrava ao meu quarto esboçando um semblante preocupada com relação a mim, eu estava pensativa e depressiva, não saía do meu quarto a dois dias, não comia, não estudava, não vivia.

— Mitsuke... tenho algo a lhe contar — disse minha mãe dando uma pausa enquanto me levantava da cama, me colocava sentada e segurava em minhas mãos — É sobre seu pai. — dizia ela abaixando a cabeça, parecia estar guardando algo que eu não sabia e que ela já tinha conhecimento desde o início.

— Não ouse falar que ele é meu pai! Eu não o admito como tal! — exclamei me levantando da cama caminhando em direção a janela, indignada com a minha mãe por ter a coragem de falar aquela palavra podre e nojenta.

— Mas Mitsuke, eu ainda o amo, você o ama, sabemos disso. — dizia minha mãe ainda com o rosto abaixado, dava alguns soluços e logo eu percebia que havia lágriams escorrendo pelo seu rosto, me preocupei e me aproximei dela abaixando meu tom de voz.

— Mãe! Ele a deixou, ele me deixou, ele nos deixou, como ainda pode amar aquele... argh... homem? Eu já não sei quem ele é e já o esqueci, faça o mesmo e seja feliz, se não for feliz por você, seja por mim. Eu ouço tá?... Diversos dias você chora a noite. — disse desabafando para minha mãe, abaixei meu rosto ao terminar de falar, tentei segurar minhas emoções mas logo senti algo líquido e quente escorrendo meu rosto, notei que havia deixado minhas lágrimas escorrerem, era necessário, já estava guardando tudo isso a muito tempo.

— Mitsuke... o seu pai, ele não simplesmente sumiu do mundo, ou morreu em alguma Missão dada por Kirigakure. Mitsuke, seu pai nos deixou, na verdade, nos trocou por outra mulher. — disse minha mãe entre soluços, cada vez mais deixando suas lágrimas escorrerem — De início ele falou que ia viajar a negócios e ia buscar algum emprego fora do ramo de Shinobi aqui em Konoha, mas depois de algum tempo, fiquei sabendo que ele nos trocou. — terminou minha mãe.

Novamente me levantei da cama, desta vez furiosa, cerrei meus punhos e tentei me controlar, fiquei andando de um lado para o outro no meu quarto, não sabia o que fazer, dava murros de raiva contra a parede até que me afundei em meu travesseiro — Isso foi quando? Quando descobriu isso? — perguntei minha mãe.

— Logo que nos mudamos para cá, tínhamos um conhecido aqui, quer dizer, eu tinha, e ele me disse que viu seu pai, meu marido, com outra mulher e uma criança de colo. — disse minha mãe deitando sobre mim, senti meu vestido ficar encharcado de suas lágrimas.

Sentei-me coloquei a cabeça da minha mãe sobre minhas pernas, comecei a acariciar o delicado rosto dela e o cabelo, sabia que aquilo a acalmaria, no lado de fora de casa, uma chuva suave começaria a cair molhando a porta do meu quarto ligada diretamente ao quintal, permanecemos em silêncio durante alguns minutos até que decidi quebrá-lo — Viu aqui em Konoha não é? Me desculpe mãe, mas caso eu encontrá-lo por aqui, não sei se ele sairá ileso ou ferido só verbalmente. — disse em um tom frio enquanto mexia em seu cabelo liso e longo assim como o meu — Eu já não o reconheço como pai. Você, e somente você é minha família. — meu tom de voz abaixaria aos poucos, eu e minha mãe adormecíamos ali mesmo, o som da chuva na porta de "pano" funcionava como um sonífero, e aquela conversa estava bastante exaustiva.

Acordamos na manhã seguinte e permanecemos em silêncio, fiz todos os meus afazeres sem qualquer reclamação, desci as escadas em passos lentos enquanto minha mão escorregava pelo corrimão, sentei-me a mesa do café que estava muito bem posta e cheia de coisas, na noite passada não tivemos janta devido ao acontecimento, minha barriga roncava, devorei de tudo e um pouco que tinha ali na mesa, peguei minhas folhas de deveres e parti para a Academia, despedi-me de minha mãe com um beijo em seu rosto. Na Academia quase não prestei atenção na aula, fiquei remoendo tudo que falei para minha mãe e tudo que ouvi, não queria que aquilo fosse a verdade mas tive que aceitar do jeito que ela fosse.

Cheguei em casa e minha mãe estava com um semblante muito melhor, parecia estar feliz sem motivo quaisquer, antes de eu perguntar se havia alguma comemoração naquele dia ela veio me falando — Faça o que quiser a respeito daquele homem, ele não importa mais em minha vida, você e eu somos uma família. Mãe e Filha. Tia e Sobrinha. Madrinha e Afilhada. Vó e Neta. — disse minha mãe me dando um forte abraço, fazia tempos que eu não ganhava um daqueles, me sentia num berço indestrutível onde ninguém sequer conseguia tocar.

— Essa é a Yuuhi Chiba que eu conheço. — disse dando uma leve risada enquanto fechava meus olhos e me afundava ainda mais naquele abraço que eu desejava nunca acabar.

Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Eve

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha


Sexo : Feminino
Idade : 24
Localização : Hellcife
Número de Mensagens : 3001

Registo Ninja
Nome: Nara Tora
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 6885
Total de Habilitações: 267,75

MensagemAssunto: Re: Primeiro Ato; Adeus "Papai" Pt.2   Ter 27 Set 2016 - 16:23

Eu sinceramente pensava que ele tinha morrido... Antes fosse, acho que o sofrimento seria menor. Tenho raiva desse tipo de homem :/
Já vou ler o próximo o/
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kira Lux

Membro | Konoha
Membro | Konoha


Sexo : Masculino
Idade : 14
Localização : Minha casa
Número de Mensagens : 23

Registo Ninja
Nome: Yuuhi Mitsuki
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 000
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Re: Primeiro Ato; Adeus "Papai" Pt.2   Ter 27 Set 2016 - 17:51

Todos nós pensamos nisso, inclusive eu, só que a necessidade de prosseguir com os Filler foi tão grande que vi a necessidade de fazer uma história do tipo, vamos dizer que de certa forma eu sabia que iria fazer isso, mas não que fosse isso que teria acontecido.

Todas nós odiamos esse tipo de homem, mana, todas nós...
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Primeiro Ato; Adeus "Papai" Pt.2
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Konohagakure :: Fillers-
'); }