Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 [Fumetsu] Busca Pelo Poder Supremo [2/3]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Ozzymandias

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 60
Localização : Unknown
Número de Mensagens : 4010

Registo Ninja
Nome: Hiroshi Daisuke
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 15190
Total de Habilitações: 1029

MensagemAssunto: [Fumetsu] Busca Pelo Poder Supremo [2/3]   Seg 20 Fev 2017 - 2:00

O salão da enfermaria estava espaçoso e repleto de cilindros borbulhantes de várias cores, como se um cientista maluco acabasse de decidir que ali seria seu covil. Com quase todas as camas empilhadas e recostadas na parede do fundo, formando uma estranha estrutura logo abaixo das aberturas de ar por onde entrava a luz do sol poente. Já no centro existiam três camas arrumadas, sendo uma delas com algumas amarras de couro que indicavam onde ficaria o prisioneiro, enquanto outra existia um corpo enrolado por um lençol branco que lhe escondia por inteiro. - Muito bem. Anda logo. - O médico fazia os últimos preparativos, lavando as mãos numa grande bacia que descansava à mesa de madeira na parede lateral, onde um grande cilindro transparente exibia um olho flutuante com sua íris vermelha e três magatanas desenhadas. Daisuke reconheceu na mesma hora que se tratava do sharingan que não utilizara nele. - Tá bom! - O nuke respondeu já impaciente com a pressa do médico contratado, como se ele não estivesse cobrando pela hora de procedimento.

Assim, Noburo foi colocado na cama e amarrado para que não acordasse e atrapalhasse a operação. - Daisuke, você tem certeza disso? - Perguntou Kazuki que acabava de entrar no recinto e ver seu aliado se deitar na única cama vazia que ainda restava. Nesse momento, o nukenin sorriu e retirou o tapa-olho para mostrar seu olho esquerdo esbranquiçado com algumas veias saltadas e inflamadas. Aquela fora a única resposta silenciosa que dera antes de ter a veia puncionada pelo médico que injetou a agulha do soro. Na verdade, o sharingan implantado se mostrara uma grande limitação, já que perderia a visão do lado esquerdo do combate. Além disso, era certo de que essa limitação se sobrepujava ao poder temporário que o mangekyo lhe ocasionava e mesmo assim, seu uso frequente estava lhe deixando cego desse olho. Aquela cirurgia não era opcional. Tinha que fazer ou perderia a visão para sempre. Mas porque implantar o outro no inimigo? - Kazuki ainda achava que aquele plano de vingança retornaria contra ele num momento próximo ou futuro vindouro.

- Não se preocupe amigo. Já tenho tudo planejado. - Tentou acalmá-lo antes de perder a consciência.

Ainda desconfiado, Kazuki olhou em volta e decidiu por se sentar para presenciar a operação que começava. - Vamos começar. - O médico então pôs a máscara e buscou uma cera circular de osso, caminhando até o corpo da terceira cama. Descobrindo-o, o médico revelou aos poucos a cabeça de Kayako completamente careca, já com uma linha pontilhada marcando o local do corte um pouco acima da sobrancelha. Ziiiiimmmmm! O ruído incômoda da serra acionada arrancou uma careta de Kazuki que assistiu o médico rasgar a pele do cadáver, cerrando o crânio exatamente no local indicado. Logo o barulho do crânio sendo retirado revelou a massa encefálica que foi cortada fora para revelar os nervos oculares perfeitamente preservados. As luvas brancas agiram rapidamente para que os nervos não ressecassem, cortando-os com uma rápida passada do bisturi. A "mágica" praticamente fez os olhos avermelhados de Kayako saltarem de suas órbitas, sendo pegos e depositados na solução conservante onde o outros sharingan já estava. - O grisalho primeiro? - Perguntou ao chefão que assistia com os braços cruzados. E num rápido aceno, Kazuki concordou.

O médico então empurrou o carrinho de alumínio que rangeu até a lateral da cama onde Daisuke dormia. Buscando um objeto estranho e afilado, semelhante a uma aranha, ele o alojou no alto da cabeça do nukenin e o ajustou de maneira com que os dois pequenos braços articulados abraçavam as pálpebras com delicadeza para abrir bem o olho esquerdo. A imagem do sharingan quase translúcido, quase cego, era aterradora. O quanto de pressão o olho sentia a cada utilização? O tamanho da dor não passava sequer na cabeça do doutor que ao verificar que o equipamento estava bem firme, virou-se para o cilindro onde os olhos de Kayako eram guardados. Rosqueando a tampa no sentido anti-horário, o cheiro azedo do conservante invadiu a enfermaria, mas lá dentro ninguém estava disposta a perder a concentração. Colocando a mão suavemente no reservatório, o médico "pescou" o olho esquerdo de Kayako e o colocou no centro da mão esquerda para conseguir manusear um bisturi na mão oposta. Agora era a hora da verdade. Apertando os olhos para obter mais precisão, o cirurgião cortou o órgão rente à íris que grudou no seu polegar e suavemente foi posta por cima da íris ferida de Daisuke.

- Agora é esperar o organismo agir. - Concluiu, acenando para a enfermeira começar a fazer o curativo. - Agora era a vez do outro. - Apontou para Noburo que estava deitado na cama ao lado.

***

A manhã já estava na metade quando Daisuke recobrou a consciência e apesar de não enxergar nada por causa da grossa bandagem que cobria ambos os olhos, ele conseguia sentir o calor dos raios do sol que atravessavam as estreitas brechas que serviam para escoar o ar. Tentando se sentar, o homem sentiu uma mão suave tocando seu ombro, fazendo uma pequena pressão como se quisesse mantê-lo deitado. - Você ainda está sob o efeito da sedação. Relaxe. - Sussurrou a enfermeira, com uma voz doce que quase conseguiu que ele obedecesse. Preciso saber se deu certo. - Esse pensamento o impulsionou contra os comandos da mulher que não teve forças para impedir que o paciente se levantasse. Não demorou para que o nukenin sentisse a frieza da rocha em seus pés e enquanto a moça saía para chamar alguém do lado de fora, o Akatsuki cambaleou na direção onde ele se lembrava que existia o espelho, tirando vagarosamente da sua frente os maquinários médicos em seu caminho até que alcançou a parede oposta. Seus dedos desenharam a moldura fria do objeto, fazendo-o aprumar o corpo numa postura para que ficasse no centro da provável imagem.

Suspirando, a mãos de Daisuke tateavam a parte de trás da cabeça à procura do esparadrapo responsável pela fixação da bandagem. - Cadê, cadê... - Sussurrava quando finalmente as unhas separaram o adesivo da gaze que se afrouxou instantaneamente, liberando a pressão que incidia sobre seus olhos. Dando voltas e mais voltas, o curativo começou a ser desmontado à medida que a luz começava a se tornar cada vez mais intensa. Uma brisa gélida começou a acionar seus nervos que há dias não sentiam o seu suave toque quando a última volta libertou de vez seus olhos castanhos. Instintivamente Daisuke manteve o glóbulo esquerdo fechado, abrindo apenas aquele que não sofreu com o procedimento. - Está com medo de abrir o outro? - Provocou o médico, bastante confiante de sua perícia como cirurgião. Aquelas palavras incendiaram os ânimos já tensos do rapaz que esperou muita dor quando abriu a órbita o esquerdo, mas se surpreendeu quando não sentiu qualquer desconforto para enxergar novamente. - Estou enxergando! - Comemorou com fervor. Punho cerrado à frente, Daisuke percebeu que acabara de ter uma grande vitória na busca de ser um lutador perfeito.

CONTINUA...
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Fumetsu] Busca Pelo Poder Supremo [2/3]
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Nukenins e Outras Vilas :: Fillers-
'); }