Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 [T27 - Nara Tora] Rapaz misterioso 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Eve

Administrador | Kiri
Administrador | Kiri
avatar

Sexo : Feminino
Idade : 25
Localização : Hellcife
Número de Mensagens : 3285

Registo Ninja
Nome: Harima
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 3350
Total de Habilitações: 106,25

MensagemAssunto: [T27 - Nara Tora] Rapaz misterioso 2   Qui 23 Fev 2017 - 16:54

O quão forte ela estava? É verdade, aprendera muitos jutsus na sua longa jornada. Cinco anos haviam passado-se desde que formara-se gennin; atrasada, claro, por conta da doença de seu pai. Mas agora ela podia protegê-lo... Podia, não? Um suspiro fazia com que o ar invadisse-lhe os pulmões, sendo expulsos de forma abrupta e pesada. Quão pronta ela estaria capaz? A pensar nisto, Tora fechou os olhos e permitiu-se sentir seu chakra, deixando-o fluir pelo corpo após ligeiros e precisos selos. Suas pupilas abriram-se, e de braços estendidos, a kunoichi olhava maravilhada suas ataduras dançarem com a sua energia. Comandando-as, conseguia soltá-las mais um pouco, de forma a crescer a distância, e com fúria, atacar um grosso galho bem acima de si. Lascas e lascas foram retiradas, até que finalmente o galho perdeu a sustentação, caindo pesadamente sobre sua cabeça. Para evitar a colisão, redirecionava a energia para seus pés, executando um veloz shunshin segundos antes.

Seus reflexos melhoraram bastante, com certeza. Os seus aguçados sentidos também tinham uma importante contribuição, e por isso, logo percebera que não estava tão só quanto pensara. Ela abaixou-se com velocidade, e após os devidos selos, tocou o solo para enviar pequenas ondas de chakra de natureza doton. Não demorou muito para encontrar sua companhia, visto que não estava assim tão longe. Abusando de sua agilidade, bastou uns poucos shunshins para uma aproximação surpresa - e nada sutil, visto que antes mesmo de perguntar quem era e o que ali fazia, a kunoichi saudou o recém-chegado com um chute giratório ascendente, sumindo num estouro de fumaça:

- Kage bunshin... Assim como imaginei. - pensava ela, reunindo novamente sua energia e deixando-a fluir para a utilização do Chakra Chie.

E logo o encontrara. Estava numa árvore, como deduzira. A dose de chakra na sola dos pés permitia-lhe uma escalada firme, e rápida graças à sua agilidade. Ele parecia um pouco surpreso, e antes de esboçar alguma reação, a tokubetsu desferia um murro em sua face, que curiosamente não conseguira acertar. "Impossível, eu tenho o elemento surpresa!", pensou ela, ao perceber que não só errara feio, como fora acertada pelo loiro à sua frente, caindo da árvore e embatendo suas costas de forma dolorosa no solo:

- Me desculpe, Princesa do Biquíni! Mas estás bem nervosinha hoje! - o sorriso cínico a enojava.

Apesar disto, Tora não era mais a garotinha de anos atrás, e por esta razão, não deixou-se abalar. Em vez disso, tentava perceber o que acontecera. "Genjutsu, só pode ser! Raiden-senpai ensinou-me esta técnica, ele deve ter ativado nos breves segundos entre cruzarmos os olhares e meu braço ir na cara dele... Engenhoso, mas não vai me pegar de novo!" pensava consigo, levantando-se e parando seu fluxo de chakra, executando um selo e quebrando a ilusão após a libertação da energia de uma só vez. Ele ainda estava lá, com o sorriso cínico... Para falar a vedade, Tora já havia esquecido-se de suas feições havia anos, mas ele cumprira o que prometera; voltara:

- Estás a espiar-me de novo? Não estou de biquíni como da outra vez - ironizava ela.

- Ah, mas sempre serás minha Princesa - retorquia ele, com um sorriso malicioso.

- O que queres comigo? - perguntava ela, assumindo uma postura ofensiva. - Por que me espionas?

- Aoshi-sama tem realmente pimpolhas lindas.A genética é mesmo fascinante... - dizia ele, a desviar-se de alguns socos desferidos pela kunoichi.

- Então você tá me espionando pra ele? Desgraçado! - a ira subiu-lhe à cabeça com violência, fazendo-a retirar com extrema velocidade um pergaminho.

Com rapidez, ela transmitia ao makimono uma parcela de seu chakra para abrir o selo que mantinha preso seu imenso leque de ferro, fazendo-o brotar nas mãos. Era pesado, mas sua maestria com a arma permitia-lhe manuseá-la de forma natural, abrindo-a com elegância e agilidade. Fluindo chakra para a arma, ela agitava-o criando bolsas de vento na direção do oponente, que agilmente desviava-se. Seu sorriso cínico não saía de seus lábios:

- Não lembras mesmo, não é? Tsc, baka! - retorquia, executando uma sequência rápida de selos e disparando várias pequenas bolas de fogo.


Agilmente, a jovem de cabelos azuis desviava-se dos projéteis envolto em chamas, defletindo alguns com o seu tessen fechado. Seu oponente parecia admirado com a maestria dela com aquele item que parecia de difícil manuseio, ainda mais para uma garota delicada. "Não, ela já não possuía muita delicadeza, agora ainda menos", pensava ele, a agachar-se rapidamente para desviar-se da investida com o leque fechado em sua direção. "Aoshi-sma precisa... Nani?"... Seus pensamentos foram interrompidos ao ver intensas visões de morte e sangue. "Ela não está tão mal assim a genjutsu...", continuava a pensar enquanto libertava-se da ilusão. Mal o genjutsu era cancelado, não pôde conter a surpresa ao ser recebido com um chute no queixo. "Engenhoso, o genjutsu foi apenas uma abertura para acertar-me!", concluiu, sorrindo, mesmo percebendo o que vinha em seguida:

- Rasengan! - gritava a furiosa tokubetsu, depois de criar uma esfera de chakra após concentrar e rotacionar sua energia.

Ele habilidosamente moveu-se para a direita, mas inacreditavelmente, seu braço esquerdo fora atingido. Não em cheio, ela errara o suficiente para não causar grandes estragos... Era incrível como ela tinha o controle preciso para fazer aquilo. Ainda assim, a dor era lancinante, o que não o impediu de deduzir como ela conseguira o feito: a visão de sangue na verdade encobria a técnica da imagem invertida. Cancelando a primeira ilusão, antes de ela acertar-lhe com o taijutsu, ela previamente injetara-lhe outra porção de chakra. Quando estivesse a pensar que tinha saído do genjutsu, criara a abertura perfeita para utilizar um jutsu bem mais impactante... "Sim, a criação com os Nara não foi em vão... Aoshi-sama irá gostar disto", pensava, sorrindo apesar do estrago em seu braço:

- Diga-me, o que pretendes? - ela encostava uma kunai em sua garganta, estando sobre ele para imobilizá-lo.

- Deste jeito, quero apenas te possuir... - brincou ele, antes de receber um doloroso soco na face.

- Diga-me! - agarrou-lhe pelo colarinho, com raiva. - Não estás em posição de brincar...

- Não? - perguntou ele, movendo-se com agilidade, e invertendo os papéis: agora ele quem dominava ela.


Com um chute, ela acertava a zona genital do loiro, ocasionando-lhe ainda mais dores. Livrando-se dele, executou um pontapé nas suas costelas, e um chute no rosto para fazê-lo deitar novamente. Rapidamente buscou outra kunai, apontando-a uma vez mais ao pescoço, desta vez no ponto exato da jugular. Andar com Hana sempre foi muito bom, principalmente conhecer as fraquezas do corpo para não deixá-las transparentes demais aos inimigos. Algo similar ao que Raiden-senpai também ensinava-lhe... O rapaz, apesar das dores, ria-se: de fato, aquela garota estava bem diferente de antes. Agia mais com a cabeça, possuía mais frieza e também... um pouco menos de empatia. Ele poderia jurar que ela seria capaz de matá-lo sem o menor remorso. Sorria... O sorriso dele realmente irritava a tokubetsu, que tentava não deixar transparecer. Foi então que ouvira shurikens cortando o ar:

- Ops, reunião de família é? - ironizava ele, a notar duas figuras mais ao longe.

- Fica longe da minha irmã! - a voz feminina estava carregada de ódio.

- Tudo bem, Tsuki-sama. Ela está ficando bem fortinha e linda... Muito mais que tu! - dizia, agarrando a Nara e roubando-lhe um beijo.

A outra sombra então avançara. O loiro sumiu num shunshin, e o outro seguira em seu encalço. Seus cabelos azuis esvoaçavam, e seu rosto era pura raiva por debaixo da máscara. "Vou matar-te!" pensava Shinji, enfurecido.

Nota da Eve:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Brian$

Administrador | Suna
Administrador | Suna
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Número de Mensagens : 1661

Registo Ninja
Nome: Brian Borges
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 279
Total de Habilitações: 758,5

MensagemAssunto: Re: [T27 - Nara Tora] Rapaz misterioso 2   Qui 23 Fev 2017 - 17:51

Reservo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Brian$

Administrador | Suna
Administrador | Suna
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Número de Mensagens : 1661

Registo Ninja
Nome: Brian Borges
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 279
Total de Habilitações: 758,5

MensagemAssunto: Re: [T27 - Nara Tora] Rapaz misterioso 2   Qui 23 Fev 2017 - 21:58

Ninjutsu: 53,75+1= 54,75
Taijutsu: 30,5+0,5= 31
Kenjutsu: 24,5+0,5= 25
Genjutsu: 7+0,5= 7,5
Selos: 17,5+,0,5= 18
Trabalho em Equipa: 12,75

Força: 15
Agilidade: 31,5+0,5= 32
Controlo de Chakra: 52,25+0,75= 53
Raciocínio: 18+0,5= 18,5
Constituição: 31+0,25= 31,25

Total de Habilitações : 293,75+5= 298,75

Breves considerações: Foi um bom treino, incrível como eu ainda me lembro deste cara, um dia ainda coloco o Dee para dar um fim nele.

Atualizado!
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[T27 - Nara Tora] Rapaz misterioso 2
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Konohagakure :: Treinos-
'); }