Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 [Filler] Entrega da Missão

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Ozzymandias

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 60
Localização : Unknown
Número de Mensagens : 4010

Registo Ninja
Nome: Hiroshi Daisuke
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 15190
Total de Habilitações: 1029

MensagemAssunto: [Filler] Entrega da Missão   Sex 24 Fev 2017 - 20:28

Era uma vez...
Citação :

Desde sempre, existiam duas famílias que comandavam o poder político do País do Trovão: Os Iga e os Koga. Através de casamentos arranjados entre esses clãs, as famílias começaram a revezar-se no poder político do país até que um fato horrível aconteceu... Numa bela noite de lua cheia, dois jovens namoravam à beiro do pequeno lago da propriedade da família Koga, um casal prometido que acabou se apaixonando... Seria uma história de amor perfeita até que, nesta mesma noite, assassinos contratados pelos Iga assassinaram brutalmente o rapaz apaixonado, deixando apenas a moça como testemunha. A paz entre os dois clãs acabou naquela noite e uma pequena guerra interna ceifou muitos parentes de ambos os lados. Contudo, no final, apenas os Koga permaneceram no controle político do país. Enquanto isso, os últimos Iga fugiram para uma ilha inóspita que pertencia ao País da Lua Crescente. E isso aconteceu há cinquenta anos...

- Sim... Mas você ainda não explicou porque estão aqui. - Daisuke respondeu secamente.

- É que... É que... Nós somos do clã Iga... E... - O rapaz balbuciava até que finalmente se explicou: - Vou me casar. Casarei com Megume. Megume Koga. Não era ser tão inteligente para começar a perceber para onde essa conversa levaria. No mínimo ele quer ajuda para tirar a moça de casa. - Pensou assim que começou a ouvir toda a história. Entre soluços de agonia e sussurros inaudíveis, Toneri revelou que há dois anos ele conheceu uma moça linda numa excursão a um balneário próximo dali e o amor floresceu. Entre idas e vindas durante a semana que passaram lá, os ele e Megume conversaram sobre tudo, exceto sobre suas famílias e no momento em que se despediam, ambos revelaram seus sobrenomes. Foi um choque para ele e ainda mais para ela, que preferiu se afastar do rapaz. Eles não se falaram mais até que, com extrema saudade, Toneri resolveu retornar ao balneário sozinho, exatamente na data em que os dois se encontraram e para sua surpresa, no mesmo local em que se viram pela primeira vez, Megume o esperava. Daisuke fazia uma careta à cada menção doce que o rapaz fazia da namorada. - Ficamos juntos e planejamos nos casar secretamente. - Concluiu, aflito. Agora a verdade estava clara como a neve. O rapaz queria ajuda para "sequestrar" a moça para que eles se casem no mesmo balneário.

- E quando e onde será o casamento? - Perguntou por curiosidade mesmo.

- Daqui a duas semanas. No... Na ilha de Hosegawa. Mas parece que o pai dele descobriu, porque recebi sua mensagem de que estava proibida de sair. - Acrescentou.

- Então, você quer contratar alguém para trazê-la até o local do casamento? - O Akatsuki sorriu.

- Sim. Mas não posso fazer isso. Não tenho treinamento ninja e a residência do Daimyo é muito protegida. - Entristeceu-se.

- Posso fazer isso pra você. Mas custará caro... - Disse, enfatizando o "caro" na sua frase.

- Dinheiro não é problema. - Urushida os interrompeu. O homem estava sério e certamente notara o tom sarcástico que o ninja grisalho colocava nas entrelinhas de suas palavras. Contudo, por mais louca que essa missão poderia parecer, "roubar" algo importante do Daimyo do País do Trovão seria algo muito arriscado e certamente se conseguisse, seu ranking na lista nukenin chegaria a estratosfera. E além disso, aquilo poderia ser bem lucrativo. O útil ao agradável. - Por favor... Nos ajude! - Toneri parecia desesperado e confuso. Inclinando-se mais do que deveria ao estranho na sua frente, ele parecia engasgar ao engolir seu próprio choro. O rapaz realmente estava apaixonado e nesse momento Daisuke se viu no lugar dele. O ninja se lembrou de seu grande amor que morrera em seus braços. Lembrara também da culpa que sentia em não conseguir salvá-la e ainda por ter sucumbido à ira e à vingança, ao invés de abraçar o amor. O coração frio do nukenin esquentou um pouquinho e a resposta não seria outra senão: - Sim. Buscá-la-ei. Aquelas palavras pareceram incendiar o coração de Toneri e por consequência seu pai sorriu, abraçando-o em seguida. O Hiroshi então acenou e começou a caminhar de volta ao Flaming Horse, deixando os dois no beco. - Espera! Quando é que o senhor a trará? - Perguntou Toneri, vendo seu contratado quase sumir pela porta dos fundos.

- Espere-nos na Ilha. Eu os encontrarei. - Gritou de volta, tentando sobrepor-se à música que invadira o beco.

Daisuke jurou que escutara um "obrigado" antes de fechar a porta novamente. Pensativo enquanto caminhava de volta à ala vip, ele tentava buscar em sua mente alguma informação sobre o Daimyo do País do Trovão, mas nenhuma informação importante surgiu de suas lembranças . Talvez Kazuki tenha alguma informação. - Pensou momentos antes de adentrar no saguão principal da boate. Novamente seus ouvidos eram açoitados pelo ruído ensurdecedor que as pessoas diziam que era música, acenando para os seguranças que abriram a porta até as escadas que subiam até o passadiço onde a festa principal acontecia. - Pensamos que você tinha esquecido da gente! - Gemeu uma das morenas que lhe faziam companhia. Contudo, o ninja parecia realmente que estava em outro lugar. Aquela nova missão mexeu com o seu brio e sua espinha começou a ser povoada por alguns calafrios e ele sabia que isso só acontecia quando a missão era mortal. - Depois nos falamos. - Dispensou as moças, atravessando o grupo de bêbados que gargalhavam logo antes da entrada para os espaços privativos. A portinhola logo se abriu lateralmente para abrir passagem para alguns figurões que pareciam felizes pelas negociações que ocorreram no lado de dentro quando finalmente Daisuke encarou seu comparsa. Olhos fitando o vazio, com uma grande taça de Bourbon na mão direita. - Quem eram aqueles? - Kazuki perguntou ao colega.

- Contratantes. - Falou, despreocupadamente ao se sentar no sofá. - Sequestrarei a filha do Daimyo do País do Trovão. - Concluiu, sorrindo em seguida assim que notou o rosto de espanto de Kazuki que parecia não acreditar no que acabara de ouvir. - Você tem alguma informação sobre a filha dele? Megume? - Indagou.

- Cara... Se eu não te conhecesse há algum tempo, apostaria que você quer se matar. - Gargalhou. - Preciso acionar alguns contatos. Mas acho que amanhã terei alguma coisa.


CONTINUA...


Última edição por Ozzymandias em Sex 24 Fev 2017 - 20:32, editado 3 vez(es) (Razão : Erros.)
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Filler] Entrega da Missão
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Nukenins e Outras Vilas :: Fillers-
'); }